in

Acharam um jogo perdido da NWA. Ou quase isso.

UWC seria lançado em 1989. Mas, por algum motivo, só foi descoberto em 2019.

Obras se perdem no tempo. E é triste quando nos damos conta disso. Pensar que milhares e milhares de quadros, músicas, desenhos, fotografias, vídeos e esculturas estão sendo produzidos nesse exato momento e uma enorme quantidade delas nunca chegará aos sentidos de um grande público é algo que deve nos fazer refletir sobre a relação temporal e física das obras de arte.

É tanto material perdido por aí, que eventualmente as obras ressurgem anos ou até décadas depois da morte de seus autores. Vá lá, aposto que você já escutou algum álbum ou leu algum livro póstumo. Bem, é mais ou menos isso que aconteceu nessa semana que passou. Acharam um cartucho perdido. Um cartucho de Nintendo. E era um jogo da NWA.

Foi na terça-feira (5) que o YouTuber Stephan “Archon 1981” Reese publicou um vídeo com o gameplay de uma fita que ele havia comprado de algum ex funcionário da Nintendo. Esse funcionário era encarregado de testar jogos antes do lançamento e certificar que eles estavam prontos para serem comercializados. Apesar de não ter o nome divulgado, o cara explicou a Reese que aquele jogo nunca havia sido lançado e nem sequer anunciado, algo que pegou de surpresa até os mais ferrenhos arqueólogos da mídia.

Tá, e porque esse joguíneo nunca foi lançado? Ele era tão ruim assim? Bem, não. Na verdade, como você pode ver no gameplay do Archon, o jogo parece bastante ok. Os motivos pra esse jogo ter sumido do mapa por tanto tempo são outros. E para você, que é fã de luta livre, a história é ainda mais interessante.

Veja também:  Cobertura: APW Reação (09/03/2019)

Em novembro de 1988, o magnata da mídia Ted Turner comprou a Jim Crockett Promotions e o que até então era conhecido como a National Wrestling Alliance. Quase que imediatamente depois disso, a marca seria renomeada para World Championship Wrestling, a famosa WCW. Mas é nesse curto meio tempo, entre a compra da NWA e o rebranding da marca que o nosso joguinho acontece.

O lance é que, antes de se tornar a WCW, a federação originalmente se chamaria UWC, sigla para Universal Wrestling Corporation. Adivinha só qual é a primeira sigla que aparece quando a gente liga o game perdido? 😉

Beleza, e o game em si? Bem, talvez até de forma surpreendente quando pensamos em jogos da época, UWC te deixa escolher três modos de jogo: single match, tag match e elimination series, com três níveis de dificuldade. Mas o que deixa a coisa ainda mais interessante é a tela de seleção de personagens.

Por mais que não exista texto indicando quem é quem, um verdadeiro fã de luta livre consegue reconhecer rapidinho algumas caras. A dupla que estava estourando na época, Legion of Doom, formada por Hawk e Animal são os primeiros, seguidos pelo colorido Sting e até ali embaixo dá pra reconhecer o Ric Flair numa boa. Já o resto dos lutadores foi algo que levou um pouco mais de tempo para a galera descobrir quem era.

Veja também:  Cobertura: SmackDown - 12/03/2019

O gameplay do Archon 1981 indica que o primeiro lutador da fila de baixo, à esquerda, é ninguém menos que Beautiful Bobby Eaton, que, junto de Stan Lane, formava a The Midnight Express, uma das duplas mais importantes da história da luta livre. O último cara da fileira de cima é Jimmy Garvin, algo que é comprovado também com o gameplay, quando Archon o usa numa luta contra Barry Windham, também conhecido como o último lutador da fileira de baixo. O mais misterioso, até agora, é o segundo personagem da fileira inferior.

De acordo com o Garrett Martin, que escreveu um artigo sobre o game para o site Paste Magazine, aquele não poderia ser Dusty Rhodes, que havia sido demitido da NWA no final daquele ano. Faria bastante sentido se fosse Lex Luger, que era uma das maiores estrelas da empresa na época. Maaaas, não, não é o Lex Luger. Porque não faria o menor sentido ter Bobby Eaton no jogo e não ter seu parceiro Stan Lane. Por mais que seja inexplicável você tirar Lex Luger do jogo, é, aquele ali deve ser Stan Lane. Martin ainda diz que, quem sabe, Luger era o campeão que você deveria derrotar ao final do jogo, uma espécie de chefão. Algo que ainda assim não faria muito sentido, já que ele só se tornou campeão da federação em 1991. Mas bem, quem liga, né?

Veja também:  Card atual: WWE WrestleMania 35

Até agora ninguém sabe os reais motivos que fizeram com que UWC não fosse publicado (e acho que nunca saberemos). Há a teoria de que a SETA (o estúdio responsável por UWC – uma empresa pequena), não teria conseguido manter os direitos para publicar o jogo a tempo. Vai saber.

UWC parece tão especial por ter surgido e sumido num espaço de tempo muito curto. Enquanto ele é datado de 1989 (como é possível ver na tela inicial), já em 1990 o mundo veria um jogo para Nintendo com a sigla WCW, chamado WCW Wrestling. Tudo dá a entender que o jogo UWC começou a ser desenvolvido assim que a Jim Crockett Promotions foi comprada por Ted Turner, o que daria tempo o suficiente para que a companhia do ricaço se separasse da SETA e fosse lá investir num jogo da própria WCW.

Saber a verdadeira história seria ótimo. Mas poder descobrir esse produto e teorizar sobre a história dele é tão legal quanto. E logo você vai poder teorizar o quanto quiser enquanto o joga, porque o Archon, que comprou a fita perdida, já disse que vai disponibilizar a ROM em breve.

WOOOOOOOOOOOO!

Siga o Wrestlemaníacos nas redes sociais: @wrestlemaniacos

Lucas Oliveira é redator no Wrestlemaníacos. Você pode segui-lo no Twitter.

Um comentário

Deixar uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cobertura: RAW – 11/03/2019

Cobertura: APW Reação (09/03/2019)