Mais informações sobre o caso de violência doméstica envolvendo Alberto El Patron

O campeão principal da GFW foi suspenso na tarde de hoje.

Devido todo o problema envolta de Alberto El Patron, o site oficial da GFW liberou uma nota, informando que Alberto El Patron está suspenso por tempo indefinido. Na nota, ele dizem:

“Global Force Wrestling suspendeu indefinitivamente Alberto El Patron em efeito imediato. Até as investigações estarem resolvidas devido o incidente em Orlando, Flórida”.

Você pode conferir a nota, clicando aqui.

A companhia já informou que fará investigações internas antes de tomar qualquer decisão, mas aparentemente, o áudio divulgado foi o suficiente para os oficiais da GFW tomarem uma decisão sobre o caso.

Ainda nesta tarde, o diretor executivo, Jeff Jarrett fez uma teleconferência para a imprensa e entre vários tópicos abordados, ele falou sobre o caso e afirmou que não irá reeditar os shows já gravados e tirar Alberto El Patron das gravações.

Ele conversou com vários CEOs de outras empresas e amigos sobre qual decisão tomar em uma situação como está, mas admitiu que em momentos como estes “nunca existe uma decisão certa a se tomar”.

Veja também:  Roman Reigns fora do TLC; Kurt Angle lutará em seu lugar

À tarde desta quarta foi bastante movimentada. Paige comentou mais uma vez sobre o caso, usando sua conta no Twitter.

Desta vez, ela afirma que quem é suspeito pela acusação de violência doméstica foi ela e não Alberto El Patron.

Paige conta sobre o caso e diz que jogou bebida nele por uma briga que estavam tendo. No relato, Paige comenta:

Alberto não queria que eu contasse a história completa porque ele não queria que as pessoas soubessem e eu também não queria que as pessoas soubessem que eu joguei um drink nele.
Mas a história completa é.
Eu recebi uma ligação dizendo que meu tio estava mal. Eu estava chorando no lado de fora do restaurante. Entrei, Alberto me abraça. Eu sou meio sensível e acabamos brigando por uma coisa tão pequena. Eu disse que estava indo embora e ele disse algo que eu não vou escrever aqui mas que não foi legal e eu, mesmo que eu não devesse ter feito isso. Eu joguei uma bebida no rosto dele porque eu estava brava. Novamente: Eu não deveria ter feito isso. Nós estávamos na frente de muitas pessoas. Eu saí dali, ele me seguiu alguns segundos depois e chamou a polícia e os seguranças, e uma mulher louca decide deixar sabe lá o que ela estava fazendo para nos seguir e invadir nossa privacidade de uma maneira completamente baixa. Baixa de uma maneira que só pessoas baixas fariam.

Paige continua:

Enfim. Fui EU que estava sendo presa por agressão doméstica porque eu joguei a bebida nele. Não, ele nunca me agrediu e eu nunca bati nele com vidro 3 vezes como a internet, em toda sua glória, está tentando fazer parecer. É completamente ridículo como uma história pode ficar fora de controle. Ah e adivinhe internet. Ele cheirava a cerveja porque EU JOGUEI CERVEJA NELE. Nada mais. Nada além disso. Ninguém foi preso, não há mug shots nem qualquer acusação. Nada.
A mulher desprezível e horrível decidiu que ela iria ganhar dinheiro com nossa falta de sorte. Eu desejo que as pessoas nos dessem a privacidade que precisamos. Eu sei que não vamos conseguir, mas eu DESEJO que isso pudesse acontecer.

Você pode conferir o Tweet feito pela WWE Superstar, logo abaixo.

Veja também:  Roman Reigns fora do TLC; Kurt Angle lutará em seu lugar

 

No entanto, a policia confirmou ao Pro Wrestling Sheet que Jose Rodriguez (Alberto El Patron) é o único suspeito.

O caso ainda está sendo investigado tanto pela policia quanto pela GFW e mais atualizações serão divulgados até o final da semana.

Escrito por Conrado

Pro-Wrestling é minha paixão desde 2008 e até hoje não tem algo que faça meu coração pulsar mais forte <3.
Twitter: @Conradobell94

Deixe um Comentário

comentário(s)