in

Cobertura: NJPW Dominion 6.9 – 09/06/2019

Segundo maior evento da NJPW no ano.

Hoje (09), pela madrugada, a New Japan Pro Wrestling apresentou seu segundo maior evento do ano, Dominion, que foi realizado no Osaka-Jo Hall em Osaka, Japão.

Em destaque no evento, foi a rematch de uma luta da New Japan Cup entre Tomohiro Ishii e Taichi, pelo NEVER Openweight Championship. O IWGP Junior Heavyweight Champion Dragon Lee, defendendo seu título contra o vencedor do Best of the Super Juniors 26, Will Ospreay. Pela terceira vez, Kota Ibushi e Tetsuya Naito se enfrentando, dessa vez com Ibushi defendendo o IWGP Intercontinental Championship contra o líder da facção Los Ingobernables de Japón. No evento principal do Dominion, Kazuchika Okada defendeu seu título contra o desafiante, Chris Jericho, numa luta que foi promovida como ‘Rainmaker vs. Painmaker’. Confira a cobertura do show abaixo:

Você pode ver o replay do show no serviço de streaming da NJPW

Comentários do show em japonês

Comentários do show em inglês

**********************************************************************************

Singles match: Jon Moxley vs. Shota Umino

A primeira luta do Dominion, viu um young lion, lutando contra o novo IWGP United States Heavyweight Champion, em um combate bem rápido.

Enquanto Moxley estava fazendo sua entrada, Umino aplicou um Tope Con Hilo, derrubando o campeão; Umino acertou um Diving Missile Dropkick; Moxley respondeu com um Lariat; Moxley colocou Umino em um STF, mas ele chegou nas cordas.

Eles trocaram alguns strikes, com Umino acertando um Dropkick no final; Moxley conectou com um Money Clip, seguido por um Double-arm DDT, para conquistar a vitória. Após o combate, Jon Moxley anunciou que vai estar no G1 Climax 29, e ajudou Shota Umino a ir para os vestiários.

Singles match: Satoshi Kojima vs. Shingo Takagi

Uma boa luta.

Eles começaram o combate com Shingo derrubando Kojima com alguns shoulder tackles; Kojima respondeu com um shoulder tackle, seguido por um Pescado para fora do ringue; eles trocaram vários chops; Shingo aplicou um Death Valley Driver na apron do ringue em Kojima; Kojima respondeu, aplicando um DDT na apron em Takagi.

Kojima aplicou um Koji Cutter, seguido por outro Koji Cutter, dessa vez da segunda corda; Shingo acertou um jab, seguido por um Lariat e um Vertical Suplex; Kojima bloqueou um Pumping Bomber e acertou um Lariat, que foi seguido por um Brainbuster, apenas para contagem de dois.

Shingo bloqueou um Western Lariat e aplicou um DDT; Kojima ficou de pé após receber dois Lariats, com Kojima aplicando um Lariat em Shingo, em seguida; eles trocaram strikes, com Shingo aplicando um Made in Japan, mas Kojima deu kickout antes do três; Shingo Takagi aplicou um Pumping Bomber e um Last of the Dragon, para conquistar uma grande vitória sobre Satoshi Kojima.

Após o combate, Shingo Takagi anunciou que vai estar no G1 Climax 29.

Tag Team match: YOSHI-HASHI & Jushin Thunder Liger vs. Suzuki-gun (Minoru Suzuki & Zack Sabre Jr.)

A dupla de Suzuki e ZSJ me agrada bastante.

Suzuki-gun tomou o controle da luta desde seu começo, com ZSJ e Suzuki trabalhando bastante sobre YOSHI-HASHI; após Suzuki aplicar um PK em YOSHI-HASHI, Liger que estava irridado com Suzuki e queria entrar no combate, deu um chute em YOSHI-HASHI para acordar o seu companheiro; YOSHI acertou um chop em Suzuki e fez o tag para Liger.

Liger e Suzuki trocaram strikes, até Liger conectar com um Brainbuster; YOSHI e ZSJ fizeram tags, com YOSHI aplicando um Head Hunter em Zack Sabre; Suzuki e ZSJ colocaram Liger e YOSHI em duas submissões ao mesmo tempo, com YOSHi chegando nas cordas; após YOSHI acertar um Clothesline, os dois lutadores começaram trocar strikes, até YOSHI conquistar a vitória com um bonito roll-up.

Six-Man Tag Team match: Bullet Club (Jay White, Chase Owens & Taiji Ishimori) vs. Ryusuke Taguchi, Hiroshi Tanahashi & Juice Robinson

Veja também:  WWE Super ShowDown: card final

Hiroshi Tanahashi não foi bem nessa luta. Ele não estava conseguindo aplicar os golpes direitos e parecia estar se sentindo um pouco desconfortável.

Bullet Club tomou o controle da luta, quando Taguchi errou um Hip Attack; após um bom tempo com os três membros da facção trabalhando em Taguchi, ele conseguiu acertar um Hip Attack e fez o tag para Tanahashi; Tanahashi aplicou um Dragon Screw em Jay, seguido por um Somersault Senton; White respondeu com um Saito Suplex.

Jay fez o tag para Chase, que acertou uma joelhada, seguida por um Jewel Heist, para contagem de dois; Juice acertou um Left Hand of God, fora do ringue em Jay; dentro do ringue, Tanahashi aplicou uma variação de um Final Cut, para conquistar a vitória.

NEVER Openweight Championship match: Taichi (c) vs. Tomohiro Ishii

Essa luta foi fantástica. Os dois tinham se enfrentando no New Japan Cup e tiveram uma luta sensacional, e nessa rematch no Dominion, os dois lutadores tiveram uma grande performance, com Taichi sendo o destaque.

Eles começaram a luta com Ishii deitado no ringue, chamando Taichi para atacar ele; Taichi acertou alguns chutes, até Ishii aplicar um forearm strike muito bonito, que derrubou Taichi; eles trocaram vários chutes, chops e strikes; Ishii aplicou uma cabeçada em Taichi, seguido por um Powerslam; Taichi respondeu com um Axe Bomber e um Enziguri.

Taichi conectou com um Backdrop Suplex sensacional; Ishii aplicou um German Suplex; Taichi empurrou o juiz contra Ishii; Ishii bloqueou uma low-blow de Taichi e acertou outra cabeçada, derrubando o campeão; Ishii acertou alguns Lariats, que só chegaram na contagem de dois do juiz; Taichi escapou de um Sliding Lariat e aplicou sua própria versão de um Sliding Lariat, mas Ishii deu kickout no dois.

Taichi acertou um Axe Bomber, seguido de um Stretch Plum; Taichi escapou de um Enziguri e aplicou um Buzzsaw Kick, seguido por um Powerbomb, para contagem de dois; Ishii aplicou alguns strikes e um Lariat; Ishii escapou de um Black Mephisto e conectou com um Sliding Lariat, para contagem de dois; Ishii aplicou um Brainbuster, para conquistar a vitória e pepla quinta vez, se tornando o novo NEVER Openweight Champion.

IWGP Heavyweight Tag Team Championship match: Los Ingobernables de Japón (EVIL & SANADA) vs. Guerrillas of Destiny (Tanga Loa & Tama Tonga) (c)

Se você acompanha NJPW por algum tempo, você iria sentir que já vimos esse combate várias vezes; essas duas duplas já tiveram algumas variações de tag matches envolvendo os dois times, então essa luta ficou falntando um pouco de emoção por parte dos fãs.

Após um começo devagar, Tanga Loa derrubou EVIL com um Shoulder Tackle; EVIL estava criando um bom momento para sua dupla, até Jado atacar ele com sua kendo stick; Loa acertou uma joelhada em EVIL; Tama acertou um Senton, seguido por um Suplex; Tonga fez o tag para Loa e os dois aplicaram um Double Dropkick em EVIL; Tonga e Loa fizeram uma série de tags rápidos para trabalhar em cima de EVIL; EVIL finalmente fez o tag para SANADA, que entrou no combate colocando Tonga em um Paradise Lock e acertando dois Pescados, um em Loa e outro em Jado.

Loa aplicou um Powerbomb em SANADA; SANADA respondeu com um Springboard Dropkick; EVIL derrubou Loa da apron do ringue e aplicou um Superplex em Tonga, seguido por um standing Moonsault de SANADA, para contagem de dois; EVIL colocou Tonga em um Scorpion Deathlock; SANADA aplicou um Back-to-Back Suplex em Tonga.

EVIL colocou Tonga em um Scorpion Deathlock, com Jado puxando o juiz para fora do ringue e Tonga fazendo o tap; Jado atacou SANADA e EVIL com sua kendo stick; BUSHI apareceu e cuspiu o misto verde na cara de Jado e aplicou um BUSHI Rocket; EVIL e SANADA tentaram aplicar um Magic Killer em Tonga, mas ele reverteu o golpe com um roll-up em EVIL, para conquistar a vitória, defendendo o seu título de duplas com Tanga Loa com sucesso no Dominion.

Veja também:  SmarkDown! - A utilização das Lendas

Katsuyori Shibata fez uma aparição surpresa e apontou para o stage, até que nada mais nada menos que KENTA fez uma aparição surpresa e anunciou que estará no G1 Climax 29, para uma grande surpresa dos fãs.

IWGP Junior Heavyweight Championship match: Dragon Lee (c) vs. Will Ospreay

Um combate espetacular. Will Ospreay na minha opinião está no top 5 melhores wrestlers do mundo atualmente.

Eles começaram a luta com uma bela sequência, com Lee terminando a luta com um Dropkick; Ospreay aplicou um 619 e um Pescado para fora do ringue; Ospreay tomou o controle do combate; Lee conseguiu escapar de uma hold de Will e acertou um Hesitation Dropkick; Ospreay acertou um Handspring Kick, seguido por um Pip Pip Cheerio; Ospreay tentou aplicar um Sasuke Special, mas Lee desviou-se do dive e acertou uma joelhada.

Na minha opinião, no dive do ano, Dragon Lee deixou Will sentado em cima da barricada, na frente da mesa de comentaristas japonesa e aplicou um Tope Suicida espetacular, derrubando ele mesmo, Will e Milano, que é comentarista japonês; dentro do ringue, Lee aplicou um German Suplex, mas Ospreay deu kickout no dois; Ospreay acertou um Corkscrew Moonsault para fora do ringue, derrubando Dragon Lee.

Dentro do ringue, Ospreay conectou com um Inverted Bloody Sunday; Lee aplicou um DDT; Ospreay escapou de um Desnucadora, aplicando um Stunner no processo; eles trocaram strikes; Ospreay aplicou um Hook Kick, Lee respondeu com um Poison ‘Rana, Ospreay conectou com um Spanish Fly, para contagem de dois; com Ospreay de pé na apron, Lee tentou mandar ele para fora do ringue com um running Hurricanrana, mas Ospreay caiu de pé fora do ringue e aplicou um Powerbomb em Lee contra apron do ringue; Ospreay conectou com um Shooting Star Press da terceira corda, para contagem de dois.

Ospreay acertou um Robinson Specia; ele tentou aplicar um OsCutter, mas Lee acertou uma joelhada na cara de Will no ar; Lee deixou Ospreay preso de ponta-cabeça na apron do ringue e aplicou um Double Foot Stomp muito bonito; Ospreay tentou aplicar um Powerbomb em Lee, mas ele escapou do golpe e aplicou um Destroyer; Lee aplicou um Boma Ye, para contagem de dois.

Lee acertou outro Boma Ye; Will escapou de um Desnucadora e acertou dois Hook Kicks; Ospreay acertou um Hidden Blade, seguido por um super OsCutter e um Stormbreaker, para garantir a vitória e pela terceira vez se tornando o novo IWGP Junior Heavyweight Champion.

IWGP Intercontinental Championship match: Tetsuya Naito vs. Kota Ibushi (c)

Kota Ibushi é um maníaco. Ele realmente é maluco. Ibushi quase quebrou seu pescoço umas seis vezes durante este penúltimo combate do Dominion.

Eles começaram a luta com uma sequência, com Naito tomando o controle da primeira parte do combate com um Dropkick; após um tempo de controle de Naito, Ibushi acertou um Double Foot Stomp; Ibushi aplicou um Hurricanrana, seguido por um Corckscrew Pescado, para fora do ringue; Ibushi aplicou um Half and Half Suplex, Naito respondeu com um Tornado DDT; Naito acertou um Rocket Kick para contagem de dois.

Eles trocaram strikes na apron do ringue, até em um momento muito perigoso, Tetsuya Naito aplicou um German Suplex em Ibushi, fazendo com que Ibushi caisse fora do ringue, mas com sua cabeça batendo bem na apron do ringue, muito parecido com o spot que machucou Will Ospreay ano passado na sua luta contra Marty Scurll no Sakura Genesis; Naito quase conquistou a vitória por countout, mas Ibushi voltou para o ringue na contagem de 19.

Veja também:  NJPW Dominion: card final

Naito aplicou um Poison ‘Rana da segunda corda em Ibushi, mas Ibushi deu kickout no dois; Ibushi escapou de um Destino e aplicou um Inverted Gotch-style Piledriver em Naito; eles trocaram strikes; Ibushi aplicou um Lariat; Naito escapou de um Boma Ye e aplicou um Dragon Suplex, seguido por um Destino, mas Ibushi escapou antes da contagem de três.

Ibushi reverteu um Destino com um GTS e conectou com um Last Ride na sequência, para contagem de dois; Naito conectou com um DDT sensacional em Ibushi; Naito aplicou um Tornado Reverse DDT da segunda corda, novamente para contagem de dois; Naito aplicou mais um Poison ‘Rana, seguido por Valentina, para a contagem de dois; Tetsuya Naito aplicou um Destino, para tornar-se mais uma vez o novo IWGP Intercontinental Champion, na luta da noite no Dominion.

IWGP Heavyweight Championship match: Kazuchika Okada (c) vs. Chris Jericho

Uma luta boa. Eles não fizeram nada de errado, mas faltou uma pouco mais de emoção nesse evento principal do Dominion.

Eles começaram a luta no estilo de lutas de Okada; Jericho tomou o controle da luta após Okada errar um Dropkick e sofrer um Walls of Jericho; Jericho acertou um Dropkick; eles brigaram fora do ringue; dentro do ringue Jericho acertou um Crossbody; Jericho acertou um Back-to-back Suplex; Jericho aplicou um Suplex; Okada respondeu com um Flapjack; Okada conectou com um DDT.

Okada acertou um Big Boot, jogando Jericho por cima da barricada; OPkada correu e pulou sobre a barricada na tentativa de aplicar um Crossbody, mas Jericho aplicou um Codebreaker em Okada no ar; dentro do ringue, os dois lutadores tentaram aplicar um Tombstone, mas Jericho colocou Okada em um Walls of Jericho, com Okada chegando nas cordas.

Okada aplicou dois Dropkicks em Jericho e um Tombstone; Jericho escapou de um Rainmaker e aplicou um Tiger Driver, para contagem de dois; Okada bloqueou um Codebreaker e aplicou um Inverted Neckbreaker; com Okada na apron do ringue, Jericho acertou um Springboard Dropkick; Jericho tentou aplicar um Superplex, mas Okada derrubou Jericho e acertou um Diving Elbow Drop na sequência.

Jericho escapou de um segundo Rainmaker e acertou um Enziguri em Okada; eles trocaram strikes, Okada errou um Dropkick e Jericho aplicou um Lionsault, para contagem de dois; Okada acertou um John Woo; Jericho aplicou um Codebreaker, mas Okada escapou antes da contagem de três; Okada aplicou um German Suplex e um Codebreaker, mas dessa vez foi Jericho quem escapou da contagem de três.

Okada aplicou um spinning Tombstone; Jericho escapou de mais um Rainmaker e colocou Okada em outro Walls of Jericho; após Okada escapar da submissão, ele desviou-se de um Judas Effect, Jericho escapou de outro Rainmaker, Jericho tentou aplicar outro Codebreaker, mas Okada segurou Chris e colocou ele em um pinfall, para surpresa dos fãsd, conquistar a vitória, defendendo o IWGP heavyweight Championship com sucesso no evento principal do Dominion.

Após o fim do combate, Jericho atacou Okada com um Juddas Effect e uma cadeirada na cara;Jericho prendeu a cabeça de Okada numa cadeira e empurrou Okada contra o poste do ringue;  Jericho tentou aplicar um Powerbomb fora do ringue sobre uma mesa, mas Hiroshi Tanahashi que estava na mesa de comentaristas japonesa, pulou a barricada e atacou Jericho; Jericho pegou o microfone e disse que o Japão era uma merda e que Okada era uma vadia.

Tanahashi levou Okada para os vestiários, enquanto os fãs no Osaka-Jo Hall vaiavam o final do Dominion.

**********************************************************************************

 

 

 

 

 

Um comentário

Deixar uma resposta
  1. Que show, NJPW simplesmente humilhando o Showdown, grande noite! Tivemos interferências, surpresas e grandes novidades!
    Devo destacar que houveram algumas coisas que não gostei como por exemplo a derrota do ZSJr, bem como no BC sempre quem recebe o pin é o Owens, enfim, mas tiveram coisas muito boas com certeza como mais uma conquista de Naito e Ospreay, esses dois lutadores são demais, também Shingo imparável bem como Jon Moxley, a volta ao Japão de Kenta e Shibata, aliás, queria muito ver o Shibata de volta aos ringues e também Okada vs. Jericho foi uma grande luta sem dúvidas, mas ainda não vimos o fim da rivalidade, que venham muitas outras batalhas!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ali doará seus ganhos do Super ShowDown