in

Cobertura: RAW – 17/12/2018

O RAW desta noite inicia ao vivo da Golden 1 Center em Sacramento, Califórnia, com Michael Cole que nos recebe. Ele está acompanhado por Renee Young e Corey Graves.

Nós vamos direto para o ringue com o Presidente da WWE, Vince McMahon que faz o seu caminho ao ringue. JoJo faz a introdução.

Vince pega o microfone e diz que ele não quer ouvir nenhuma vaia. Vince diz que todo mundo está se perguntando o que está acontecendo com o RAW e é por isso que ele está aqui. Ele diz que o RAW existe há 25 anos e eles mudam com o tempo. Vince diz que, apesar da criatividade e visão de um homem, ele não pode fazer tudo sozinho, com certeza. Mas ele diz que ele pode fazer isso sem os fãs. Eles vaiam novamente. Vince apresenta a comissária do RAW Stephanie McMahon. Cole diz que Corey Graves irá se juntar a eles mais tarde para alguns comentários.

Vince apresenta Triple H em seguida e ele vem ao ringue sob um grande pop. Vince e Stephanie abraçaram Triple H quando ele chega no ringue. Vince apresenta por último o comissário do SmackDown Shane McMahon. Shane também abraça seu pai.

Stephanie admite que eles não têm feito um bom trabalho ultimamente e é por isso que eles estão aqui hoje à noite. Eles não têm feito a única coisa que os ensinaram a fazer – ouvir os fãs. Ela diz que eles deixaram tudo nas mãos dos gerentes e isso sufocou os Superstars, mas isso termina hoje à noite, e o novo começo começa hoje à noite. Triple H diz que os dias da gestão ausente acabaram e, a partir de agora, os quatro vão retomar ao Monday Night RAW. Shane diz que isso vale para o SmackDown também porque os quatro são responsáveis ​​por garantir que os fãs tenham a melhor experiência possível que exista. Triple H diz que mais importante, eles vão dar aos fãs o que eles querem. Triple H diz que estaremos vendo novos rostos, novos Superstars, novos combates. A partir de agora, os fãs são a autoridade.

A música “No Chance”, de Vince toca, mas Baron Corbin interrompe. Corbin fala com Vince e diz que ninguém quer um novo começo mais do que ele. Os fãs fazem mais barulho e vaiam muito Corbin. Corbin diz que está animado que toda a família McMahon estará comandando o RAW, mas há uma coisa que ele tem que deixar claro..ele foi injustiçado na noite passada. Corbin diz que eles precisam conversar. Apenas uma conversa simples. Nós vamos ao comercial enquanto as vaias continuam.

Corbin diz que o que aconteceu não é culpa dele. Ele fala sobre o TLC e diz que Braun Strowman não deveria estar lá. Corbin diz que não estava preparado, especialmente para os diferentes Superstars que Strowman trouxe consigo. Corbin pergunta se os fãs acham que foi justo e eles vaiam. Triple H diz que vai ajudar Corbin porque ele é imprevisível. Ele diz que Corbin quer que eles o reconsiderem como Gerente Geral do RAW. Ele diz que sim e ele acha que eles vão corrigir o que foi feito de errado com ele na noite passada. Corbin diz que ainda seria GM se não fosse por Apollo Crews, Kurt Angle, Heath Slater, Finn Balor campeões Chad Gable e Bobby Roode. Triple H diz que talvez eles tenham um jeito de Corbin se tornar GM novamente, talvez haja uma maneira de isso ser justo. Corbin diz que tudo que ele precisa é uma chance. Triple H diz que eles deveriam dar a Corbin essa chance. Triple H diz que se Corbin vencer seu combate hoje à noite, ele se tornará o gerente geral permanente do RAW. Tudo o que ele tem que fazer é vencer esse homem … a música toca e Kurt Angle vem ao ringue.

Veja também:  Ronda Rousey deve deixar a WWE após WrestleMania

4-on-1 No DQ Handicap Match: Apollo Crews, Chad Gable, Bobby Roode e Kurt Angle vs. Baron Corbin
– Heath Slater será o árbitro especial do combate.
– Após uma série de cadeiradas, Angle aplicou o “Angle Slam” e venceu o combate.

Após o combate, Angle aplicou um “Angle Slam” em Corbin sobre uma mesa.

Ainda hoje, Ronda Rousey abordará os fãs sobre seus atos ontem a noite. Além disso, o novo Intercontinental Champion Dean Ambrose estará aqui. Além disso, Dolph Ziggler vs Finn Balor.

Comercial…

De volta do intervalo e os locutores nos mostram um vídeo sobre John Cena, aceitando o prêmio Sports Illustrated Muhammad Ali Legacy” na semana passada.

Vemos o que aconteceu com Dolph Ziggler e Finn Bálor nos bastidores do TLC. É mostrado como Ziggler atacou Bálor na noite passada.

Singles Match: Finn Bálor vs. Dolph Ziggler
– Bálor venceu por desqualificação após Drew McIntyre interferir no combate e ataca-lo.

Após o combate, Drew também ataca Ziggler. O Escocês aplica o “Claymore Kick” em ambos antes de deixar o ringue a caminho dos bastidores.

Nós vemos Dean Ambrose nos bastidores andando em direção ao ringue.

Comercial…

Nós vemos uma pequena promo para o próximo episódio do SmackDown. É destacado a vitória de Asuka no TLC de ontem a noite.

De volta do intervalo e o novo WWE Intercontinental Champion Dean Ambrose vem ao ringue. Ele está acompanhado por sua equipe de seguranças usando máscaras de gás. Ambrose manda-os ficarem ao redor do ringue.

Ambrose começa a insular os fãs e diz que eles devem respeitá-lo. Ambrose diz que o que ele disse que aconteceria no TLC aconteceu – Seth Rollins perdeu o controle. Ambrose diz que não precisa de nada dos fãs porque ele tem isso – ele alevanta o cinturão. Ele diz que isso não é nada, porque quando terminar com Rollins, Rollins não terá mais nada. Ele vai levar a carreira de Rollins e a falsa reputação de bom rapaz que ele tem, e jogá-lo na sarjeta de onde ele pertence. Ambrose chama Rollins para o ringue. Ambrose quer ouvir de Rollins que Ambrose estava certo, e ele estava errado.

Ambrose tenta provocar Rollins, mas ele não vem. Ambrose se pergunta se uma Open Challenge funcionará, mas não pelo título, apenas para Rollins tirar suas frustrações em Ambrose. Ambrose continua chamando Rollins no microfone, mas Rollins não aparece. Ambrose tem uma nova ideia – já que Rollins não deu a mínima, Ambrose vai fazer uma Open Challenge pelo título, exceto Rollins. A música toca e Tyler Breeze vem ao ringue.

Veja também:  Triple H diz que ficará de olho na All Elite Wrestling

WWE Intercontinental Championship Match: Tyler Breeze vs. Dean Ambrose (c)
– Ambrose aplicou o “Dirty Deeds” e venceu o combate.

Após o combate, Ambrose alevanta o título à medida que sua música toca. Nós vamos aos replays. Ambrose pega o microfone e diz que acabamos de ver a performance de um Intercontinental Champion com integridade, ao contrário de Seth Rollins. A música de Rollins toca. Ambrose dirige seus guardas para o palco. Um dos guardas entra no ringue e ataca Ambrose por trás… é Rollins. Os outros guardas entram no ringue, mas Rollins luta contra eles enquanto Ambrose foge do ringue.

Shane McMahon está nos bastidores com Charly Caruso, perguntando o que significa o novo começo. Shane diz que veremos mais caras novas no RAW e no SmackDown, e as oportunidades virão com tudo. Shane diz que ele tem algumas decisões difíceis pela frente. Drake Maverick interrompe ao lado da AOP. Drake continua sobre como Akam e Rezar tiveram os títulos roubados. Drake menciona sua cláusula de revanche obrigatória. Shane diz que toda a coisa de revanche obrigatória é antiquada, especialmente porque Corbin deu o título a eles. Shane diz que ele têm uma oportunidade em mente para o AOP. Eles enfrentarão o B Team, The Revival e Lucha House Party em uma Fatal 4 Way hoje à noite. Os vencedores ganharão uma chance contra Bobby Roode e Chad Gable.

É anunciado que os Superstars do NXT – EC3, Lacey Evans, Heavy Machinery, Nikki Cross e Lars Sullivan estão chegando ao RAW. Vamos ao comercial.

De volta do intervalo e temos uma promo para Lars Sullivan, EC3, Lacey Evans, Nikki Cross e Heavy Machinery.

Nós vamos ao ringue e Bobby Lashley está lá com Lio Rush. Eles estão sentados sob um holofote com uma guitarra, assim como Elias faz. Rush começa a insultar Elias e diz que Lashley está aqui esta noite para uma verdadeira performance. Rush pede a todos para ficarem em silêncio. Rush continua e apresenta a pose favorita de Lashley. Elias aparece de repente. Elias acaba quebrando uma guitarra em Lashley. Nós vemos os replays enquanto a música de Elias toca.

Nós vemos o Lucha House Party nos bastidores indo para o ringue.

Comercial…

De volta do intervalo e vai ao ar uma promo para Sami Zayn que estará retornando em breve.

#1 Contenders Fatal 4 Way: Authors of Pain vs. The Revival vs. The B Team vs. Lucha House Party
– O Revival aplica o “Shatter Machine” e vence o combate.

Seth Rollins está nos bastidores com Charly Caruso. Rollins diz que ontem à noite no WWE TLC foi um desastre, pessoal e profissional. Ele deixou Dean Ambrose entrar em sua cabeça. Rollins continua e diz que esta é a sua vida, é tudo o que ele ama, mas saiu dos trilhos e agora é hora de consertar os erros e isso começa com Ambrose. Corbin aparece. Corbin diz que Rollins é o culpado de tudo – o que aconteceu com ele no TLC, a família McMahon retornando e muito mais. Corbin diz que Ambrose está certo sobre ele. Corbin continua a insultar Rollins, mas o ex-campeão lhe ataca antes de ir embora.

Veja também:  Aiden English é o novo comentarista do WWE 205 Live

Os locutores nos mostram um replay do segmento de abertura desta noite com a família McMahon.

Ainda hoje, a RAW Womens Champion Ronda Rousey.

Comercial…

De volta do intervalo e Ronda vem ao ringue.

Rousey menciona Charlotte Flair, Becky Lynch e a nova SmackDown Womens Champion, Asuka, e diz que ela não veio aqui para justificar suas ações no TLC. Rousey diz que ela veio aqui para falar sobre o que é ser uma verdadeira campeã. Ela fala sobre o que significa ser uma verdadeira campeã, mas os fãs não estão respondendo muito bem a isso. Os fãs começam a cantar “Becky!” agora. Rousey quer começar uma nova tradição. A campeã deve defender seu título toda vez após um pay-per-view em uma Open Challenge.

As câmeras cortaram para os bastidores e vemos várias Superstars do sexo feminino discutindo com os chefes de produção sobre quem deverá ir ao ringue. Stephanie McMahon aparece dizendo para elas seguirem ela. Stephanie as leva até o palco enquanto Rousey observa do ringue. Alicia Fox, Natalya, Dana Brooke, Mickie James, Ruby Riott, Liv Morgan, Sarah Logan, Ember Moon, Bayley e Sasha Banks estão no palco. Stephanie diz que todas querem uma disputa pelo título e todas merecem. Stephanie diz que dará a essas 8 Superstars a chance de ganhar uma chance pelo título. Stephanie diz que Rousey vai defender contra a vencedora de uma Gauntlet Match, que começa agora. Ela manda Alicia Fox para o ringue primeiro. Bayley é anunciada em seguida.

Gauntlet Match: Alicia Fox, Bayley, Dana Brooke, Mickie James, Ember Moon, Natalya, Ruby Riott
– Bayley aplicou o “Roll-up” e eliminou Alicia Fox.
– Bayley aplicou o “Bayley-to-Belly suplex” e eliminou Dana Brooke.
– Mickie James eliminou Bayley com o “DDT”.
– Ember Moon aplicou o “Eclipse” e eliminou Mickie James.
– Natalya aplicou o “Roll-up” e eliminou Ember Moon.
– Natalya fez o “Roll-up” e eliminou Ruby Riott.
– Natalya aplicou o “Sharpshooter” e eliminou Sasha Banks.

Após o combate, Ronda Rousey vem ao ringue. Elas se abraçam e em seguida, Ronda oferece um aperto de mãos. Parece que há uma tensão entre as duas, no entanto, mesmo assim ambas fazem seu caminho aos bastidores para o fim do RAW.

O combate entre Rousey e Natalya é confirmado para o show da próxima semana. Além disso, Seth Rollins vs. Baron Corbin, Finn Bálor vs. Drew McIntyre vs. Dolph Ziggler, Elias vs. Bobby Lashley em uma Street Fight Match e a presença de Paul Heyman.

Fonte: House of Wrestling

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Maníacos por Entrevista: Victor Boer (BWF)

WWE Monday Night RAW WWE RAW

Spoilers: RAW – 24/12/2018