in

Cobertura: RAW – 25/03/2019

O RAW desta noite inicia ao vivo da TD Garden em Boston, Massachusetts, com Michael Cole que nos recebe. Ele está acompanhado por Corey Graves e Renee Young. Eles falam sobre como a RAW Womens Champion, Ronda Rousey, Charlotte Flair e Becky Lynch estarão oficialmente no evento principal da WrestleMania 35.

Nós vamos direto para o ringue com a campeã Ronda Rousey. Rousey pega o microfone, mas antes que ela possa falar, ouvimos os fãs gritando “nós queremos Becky!. Rousey menciona a participação feminina no evento principal da WrestleMania pela primeira vez. Rousey diz que tem apenas uma coisa a dizer – de nada. Ela pega o microfone novamente e diz que tem outra coisa a dizer, não que os fãs apreciam o que ela diz ou faz. Mas ela fará Becky Lynch e Charlotte Flair baterem na lona ao mesmo tempo na WrestleMania. Ela pega o microfone e diz que tem mais a dizer. Ela não tem ideia do que é uma “Beat The Clock Challenge”, mas soa como um outro truque por aqui.

A música toca e o Riott Squad vem ao ringue. A adversária de Rousey será Logan. A música toca e Becky Lynch aparece. Becky fala do palco enquanto os fãs gritam seu nome. Ela diz que é bom estar de volta a Boston. Ela diz a Rousey para deixar de ser um pouco esquisita. Ela fala sobre Rousey e diz que depois de todo o seu hype, ninguém dá a mínima para Rousey. Os fãs cantam para Becky. Lynch diz que ela é a melhor coisa que já aconteceu com Rousey, ela salvou seu reinado com o título e é por isso que elas estão no evento principal. Lynch diz que Rousey sabe como isso vai acabar . A música toca e Charlotte Flair aparece. Flair zomba delas. Flair diz que sim, as mulheres estão no evento principal, mas não por causa do que Lynch fez nos últimos 6 meses ou pelo que Rousey fez no ano passado, mas sim por causa do que Flair fez nos últimos 7 anos. Flair diz que é por isso que ela foi escolhida a dedo para estar no evento principal. Flair vai para o ringue enquanto Rousey e Logan se preparam para lutar.

Beat The Clock Challenge: Ronda Rousey vs. Sarah Logan
– Ronda venceu o combate em 1 minuto e 25 segundos.

Beat The Clock Challenge: Charlotte vs. Ruby Riott
 Charlotte aplicou o “Figure Four” alguns segundos antes do relógio bater o limite, mas Ruby não desistiu. Charlotte não consegue bater o tempo de Ronda.

Beat The Clock Challenge: Becky Lynch vs. Liv Morgan
– Com 7 segundos faltando no relógio, Lynch venceu com o “Dis-Arm-Her.”

Depois do gongo, Lynch fica de pé enquanto sua música toca. Rousey grita com Lynch do palco. Flair zomba de Becky do ringue enquanto Becky comemora a vitória.

Nós vemos Finn Balor nos bastidores se preparando para o 1-on-2 Handicap Match contra Lio Rush e Bobby Lashley.

Comercial…

De volta do intervalo e Finn Balor vem ao ringue para um grande pop. O Intercontinental Champion, Bobby Lashley e Lio Rush, aparecem no palco em seguida. Rush pega o microfone no palco e diz que a estrada de Balor para a WrestleMania passa por eles, e é uma estrada na qual Balor não quer estar agora. Rush continua e chama Balor de um pedaço de lixo assim como Rob Gronkowski. Rush revela que, graças a Braun Strowman na semana passada, ele não está medicamente liberado para competir hoje à noite. Rush apresenta o novo parceiro de Lashley para o Handicap Match. Jinder Mahal aparecem com os Singh Brothers.

1-on-2 Handicap Match: Finn Balor vs. Bobby Lashley e Jinder Mahal
– Bálor aplicou o “Coup de Grace” em Jinder e venceu o combate.

Veja também:  SmarkDown! - Antevisão: WWE Clash of Champions

Após o combate, Balor comemora enquanto Cole confirma Bálor vs. Bobby para a WrestleMania 35. Jinder fica no ringue e Bobby lhe aplica um “Spear”.

Ainda hoje, Kurt Angle vs Samoa Joe como parte da turnê de despedida de Angle. Graves lembra como eles nunca lutaram na WWE.

Cole menciona como Elias foi convidado como a atração musical da WrestleMania 35. Nós vemos um vídeo de Elias na Times Square em Nova York. Ele diz que muitas pessoas se apresentaram lá ao longo dos anos, mas nenhuma dessas performances se compara ao que ele tem reservado para a WrestleMania. Um músico de rua tenta se juntar a ele, mas ele insulta o rapaz.

Tag Team Match: RAW Tag Team Champions The Revival vs. Aleister Black &  Ricochet
– Ricochet aplicou o “630 Splash” e venceu o combate.

Depois do combate, Black e Ricochet ficam em pé enquanto nós assistimos a alguns replays. O Revival pega seus títulos e ordena que Mike Rome os anunciem como “ainda campeões”.

Ainda hoje, Triple H estará aqui para responder aos comentários que Batista fez na semana passada.

Drew McIntyre faz seu caminho até o ringue. Nós vamos aos comerciais.

De volta do intervalo e Drew McIntyre está no ringue com um microfone. Drew diz que não se importa se você não gosta dele, mas vai respeitá-lo. Drew fala sobre Roman Reigns e diz que uma semana é muito tempo para esperar pela resposta de seu desafio na WrestleMania 35. Drew nos mostra um clipe de duas semanas atrás, onde ele destruiu Reigns. Também vemos um clipe da última segunda-feira quando Drew emitiu um desafio para Reigns, proponde-lhe um combate na WrestleMania. No vídeo, Drew diz que ele pode ter vencido a leucemia, mas nunca derrotou Drew no maior palco de todos. Voltamos com Drew no ringue.

Drew diz que pelo amor de Deus, ele espera que a esposa ou a família de Reigns tenha intervindo e convencido Reigns de enfrenta-lo na Mania. Drew diz que já destruiu o Shield. Ele se gaba das vitórias recentes sobre Dean Ambrose e Seth Rollins. Drew continua e diz a Reigns para pensar sobre sua família e como ele já os fez sofrer. Drew diz a Reigns para pensar em seus filhos porque eles já tiveram que assistir o papai lutar por sua vida uma vez. Drew pergunta se Reigns quer que seus filhos o vejam sofrendo mais uma vez na WrestleMania, porque ele já sabe que vai perder. Os fãs vaiam e depois começam a cantar para Roman. Drew diz que vai ficar aqui a noite toda até receber a resposta. Ele vai manter o RAW refém enquanto Drew não responder.

Reigns aparece e os fãs vão a loucura, Reigns entra no ringue e logo fica cara a cara com Drew. “Roman aceita seu desafio”, diz Reigns. Mas ele quer que Drew ouça com muito cuidado, porque isso não vem de Roman, vem de Joe. Reigns diz que você nunca deve falar de sua esposa e seus filhos. Reigns ataca Drew e joga-o para fora do ringue. Reigns continua seu ataque a Drew do lado de fora do ringue, até colocar Drew para dentro do ringue. No ringue, Drew aplica um golpe baixo em Reigns, seguido do “Claymore Kick”.

Ainda hoje, Kurt Angle vs Samoa Joe. Além disso, Seth Rollins falará sobre Brock Lesnar.

Comerciais…

De volta do intervalo e Drew McIntyre se encontra com Dean Ambrose nos bastidores. Ambrose pergunta sobre os comentários feitos por Drew, quando ele estava no ringue. Ambrose diz que não se sente “exterminado”. Ambrose diz que quer enfrentar Drew em uma Last Man Standing Match hoje a noite. Drew diz que não tem certeza de como Ambrose ainda está de pé, mas ele promete que ele não vai estar depois desta noite.

Singles Match: Sasha Banks vs. Natalya
– O combate acabou em Desqualificação após Nia Jax e Tamina interferirem no combate.

Veja também:  AJ Styles defende seu título contra Cedric Alexander no WWE Clash Of Champions

Depois do gongo, Phoenix entra no ringue e briga com Jax. Beth termina aplicando o “Glam-Slam” em Snuka no meio do ringue.

Os locutores confirmam McIntyre vs. Ambrose em uma Last Man Standing para esta noite.

Charly Caruso está nos bastidores com Kurt Angle, perguntando a ela sobre sua turnê de despedida. Angle diz que aprecia Joe ter vindo do SmackDown. Angle fala sobre sua turnê de despedida. Ele menciona o combate com Chad Gable e diz que vai vencer seu último combate contra Baron Corbin na WrestleMania 35. Angle também menciona que este é seu combate em Boston. Corbin aparece e acaba insultando Angle, dizendo que os fãs vão torcer por ele, mas porque eles sentem pena dele e acham que ele deveria ter se aposentado há algum tempo atrás. Corbin diz que Angle é metade do homem que ele costumava ser. Ele prevê manchetes negativas e patéticas para Angle no dia seguinte ao da WrestleMania. Angle manda Corbin se “ferrar” antes de ir embora.

Nós vamos para o ringue para outro episódio do “A Moment of Bliss”. Bliss nos recebe e diz que desde que se tornou a “host” da WrestleMania 35, o show continua ficando melhor e melhor. Ela menciona as mulheres no evento principal da WrestleMania pela primeira vez. Bliss diz que isso é incrível. Bliss nos mostra filmagens de três semanas atrás quando Braun Strowman se encontrou com Michael Che e Colin Jost. Também vemos como Braun destruiu o carro que o elenco do SNL lhe enviou há duas semanas atrás. Bliss chama isso de um desastre de relações públicas e diz que espera que o show de hoje seja um momento de respeito. Bliss apresenta seu primeiro convidado e Strowman vem ao ringue.

Bliss traz alguns exemplos de como Strowman perdeu a paciência no passado. Ela pergunta o que aconteceria se Jost e Che estivessem aqui. Strowman diz que a única coisa em que ele pensou quando viu o carro vermelho foi esmagar o rosto pálido de Jost. Bliss agradece a Braun por compartilhar seus sentimentos, que é o primeiro passo do processo de cura. Bliss apresenta seus próximos convidados, ao vivo via satélite em Nova York, Jost e Che.

Eles conversam por alguns minutos e Strowman segure que Jost entre no Andre the Giant Memorial Battle na WrestleMania 35. Jost aceita e diz que Che também deve estar no combate. Braun diz que se eles forem covardes e não comparecerem no combate, eles vagarão pelas ruas de Nova York e encontrarão com Braun a qualquer momento. A música de Strowman toca e ele deixa o ringue.

Nós vamos até Elias, que está do lado de fora do Madison Square Garden, em Nova York, falando sobre sua grande performance na WrestleMania 35.

Singles Match: Baron Corbin vs. Apollo Crews
– Após aplicar o “End of Days”, Corbin venceu o combate.

Após o combate, Corbin comemora no ringue. Corbin faz seu caminho para fora do ringue, mas ele volta e aplica outro “End of Days”.

Comerciais…

De volta do intervalo e Cole anuncia Ronda Rousey, Becky Lynch e Charlotte Flair vs. The Riott Squad para o próximo RAW.

Nós vamos para o ringue e Seth Rollins vem ao ringue. Rollins pega o microfone e diz que vai direto ao ponto. Ele e o Universal Champion Brock Lesnar não do mesmo tecido e estão a percorrer duas estradas diferentes para a WrestleMania. Ele diz que há apenas uma saída. Ele diz que é muito pesado, mas ouça – ele quer esse peso, ele quer carregar esse fardo, ele quer ser um campeão que inspira as pessoas. Ele diz que quando era mais jovem, foi inspirado por pessoas como Shawn Michaels, Bret Hart, Ric Flair, e até Triple H. Rollins diz que até John Cena inspira pessoas, mas Lesnar não. Rollins diz que este é o maior combate de sua carreira e isso é evidente. Rollins diz que ele espera por este combate há muito tempo, mas só recentemente soube o quanto esse combate é importante para os fãs. Ele fala sobre os fãs pedindo a ele para vencer Lesnar enquanto ele estava em uma sessão de autógrafos no fim de semana. Rollins continua e diz que com um exército atrás dele, ele é imparável. Rollins diz que eles vão marchar até os portões da cidade do Suplex e vão queimar tudo … Paul Heyman aparece no palco.

Veja também:  Terceira Corda #2 - Chega de Kofi-Mania

Heyman agradece a Rollins por deixá-lo saber que o seu combate na WrestleMania é agora uma Handicap Match. Heyman diz que agora é Lesnar, contra Rollins e todo o WWE Universe. Heyman diz que gosta disso porque Rollins não tem chance. Heyman diz que Rollins é patético. Ele continua zombando de Rollins e desta geração de “pensamentos e orações” por tudo que fazem. Heyman continua a insultar Rollins e diz que não quer que Rollins leve para o lado pessoal quando Lesnar acabar com ele na WrestleMania. Heyman joga o microfone e se vira para ir embora. Rollins corre para a rampa e confronta Heyman que cai no palco. Rollins ri dele. Rollins diz que Heyman estava errado, ele não está pedindo por “orações”, ele está aqui para respondê-las porque “nós estamos indo para a WrestleMania, para derrotar Lesnar, para pegar o título e marchar para Suplex City para acabar com ele”. Rollins fica em cima de Heyman e joga o microfone em seu rosto.

Comerciais…

Singles Match: Kurt Angle vs. Samoa Joe
– Após o Roll-up, Angle venceu o combate.

Após o combate, Angle comemora e deixa o ringue rapidamente. Joe não pode acreditar. Um gráfico vai ao ar mostrando que Angle enfrentará Styles amanhã no SmackDown.

Nós vemos Dean Ambrose nos bastidores se preparando para o evento principal de hoje à noite.

Voltamos ao ringue e Triple H aparece. Triple H parabeniza as mulheres por conquistaram a chance de lutarem no evento principal da WrestleMania 35. Ele começa a falar sobre Batista e mostra uma carta. Ele revela que Batista, por meio de uma carta de seu advogado, queria que ele colocasse sua carreira em jogo na WrestleMania 35, se não ele não lutaria no evento. Eles também queriam que a data da WrestleMania fosse alterada para que assim Batista pudesse fazer algumas filmagens. Triple H insulta Batista por espancar um velho para conseguir um combate na WrestleMania. Triple H diz que esta é apenas mais uma tentativa de Batista de desistir. Triple H diz que não deixará Batista desistir desta vez.

Triple H continua e diz que ele é obcecado por chutar o traseiro de Batista. Triple H diz que neste momento de sua carreira, se ele não pode bater um idiota auto-iludido como Batista, então ele não tem nenhum motivo para continuar lutando. Triple H concorda em colocar sua carreira em jogo.

Dean Ambrose vem ao ringue para o evento principal.

Comerciais…

Last Man Standing Match: Dean Ambrose vs. Drew McIntyre
– Após aplicar o “Claymore Kick”, Drew venceu o combate.

O show sai do ar com Drew comemorando no ringue.

Fonte: House of Wrestling

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Battle Royal #287

Hart Foundation será introduzida ao WWE Hall of Fame