in

Cobertura: ROH/NJPW G1 Supercard – 06/04/2019

Primeiro show de wrestling no MSG que não foi promovido pela WWEem mais de um século.

Ontem (06), a Ring of Honor, em conjunto com a New Japan Pro Wrestling, apresentaram o G1 Supercard, evento que foi realizado no lendário Madison Square Garden, em Nova York. As lutas principais do evento pelo lado da NJPW eram, Zack Sabre Jr. defendendo o RevPro British Heavyweight Championsip contra o desafiante Hiroshi Tanahashi; Kota Ibushi desafiando o IWGP Intercontinental Champion Tetsuya Naito, para uma rematch do primeiro round do New Japan Cup, com o título em jogo; Jay White defendendo o IWGP Heavyweight Championship, contra Kazuchika Okada, em uma revanche de uma luta que aconteceu no Wrestle Kingdom 13.

Pelo lado da Ring of Honor, a grande luta por parte da empresa, foi uma Triple Threat Ladder match entre o campeão Jay Lethal, e os desafiantes Matt Taven e Marty Scurll.

O show também contou com duas lutas onde dois títulos, um de cada companhia estava em jogo. Confira a cobertura do show abaixo:

Você pode ver o replay do show nos serviços de streaming da ROH e da NJPW: https://njpwworld.com/ // http://ROHHonorClub.com

Você também pode ver o replay do show no serviço de streaming da FITE: http://Fite.TV

Comentários do show em inglês: https://njpwworld.com/p/s_series_00513_2_1

Comentários do show em japonês: https://njpwworld.com/p/s_series_00513_1_1

**********************************************************************************

30-Man Honor Rumble

Nada de muito notável aconteceu pela maioria da luta, nos minutos finais, com o ringue tendo menos gente, os lutadores tiveram mais oportunidades de aplicar alguns golpes. Para a surpresa de todos, o último lutador á entrar na luta, foi The Great Muta. Nos minutos finais da luta, Tomohiro Ishii eliminou Minoru Suzuki com um lariat, mas ele foi eliminado pelo Kingdom logo depois; os últimos quatro lutadores no ringue eram TK O’Ryan e Vinny Marseglia do The Kingdom, Jushin Thunder Liger e The Great Muta. Muta e Liger eliminaram os dois membros do Kingdom; quando os fãs achavam que estava só entre Liger e Muta, Kenny King que estava fora do ringue e nunca tinha sido eliminado, voltou para o ringue e eliminou as duas lendas para ganhar o Honor Rumble, na primeira luta do G1 Supercard.

Após a luta, Muta cuspiu o misto vermelho na cara de Kenny King.

Singles match – Winner Take All: ROH World Television Champion Jeff Cobb vs NEVER Openweight Champion Will Ospreay

Eu gostei bastante desta luta. Jeff Cobb, é muito bom quando enfrenta lutadores que ele pode jogar para todo lado, fazer o que quiser, e Will Ospreay, é justamente Will Ospreay.

Os dois apertaram as mãos, mas Cobb jogou Will nas cordas e acertou um belo pounce no NEVER Openweight Champion; Ospreay conectou com um DDT fora do ringue, isso com menos de dois minutos de luta; quando voltaram pro ringue, Cobb dominou Ospreay por algum tempo, com vários suplexes.

Passaram alguns minutos, e Ospreay conseguiu aplicar um OsCutter, mas Cobb escapou antes da contagem de três; Ospreay da terceira corda, tentou aplicar um Stormbreaker em Cobb, mas Cobb reverteu com um Tour of the Islands da segunda corda; Jeff Cobb aproveitou o momento e aplicou outro Tour of the Islands, para defender com sucesso o ROH World Television Championsip e para se tornar o novo NEVER Openweight Champion.

Singles match: Dalton Castle vs Rush

A luta começou e Rush aplicou um shotgun dropkick, seguido de dois Bull’s Horn dropkicks no corner, para derrotar Castle em menos de um minuto.

Após a luta, Dalton Castle atacou os The Boys.

WOH Championship match: Kelly Klein vs Mayu Iwatami (c)

Veja também:  Card final: G1 Supercard

Na minha opinião, essa foi a pior luta do G1 Supercard. Não foi ruim, mas não teve nada de especial e faltou um pouco da participação dos fãs no MSG.

Nos primeitos momentos da luta, Iwatami teve o controle, após acertar um Crossbody para fora do ringue; as duas lutadoras  começaram trocar suplexes; Kelly Klein aplicou dois K-Powers em sequência, para se tornar á nova Women of Honor Champion.

Angelina Love e Velvet Sky, surpreenderam os fãs e apareceram após a luta, Mandy León que estava nos comentários, veio até o ringue para ajudar Kelly Klein; quando Kelly virou as costas para Mandy, ela atacou a nova campeã; Mandy, Angelina e Velvet atacaram Klein, com Velvet desenhando um símbolo de anarquia na testa de Kelly Klein.

New York Street Fight: Bully Ray vs ???

Bully Ray, estava marcado para enfrentar Juice Robinson nesta luta, mas antes das lutas das mulheres começar, Juice tinha sido atacado nos vestiários.

Flip Gordon, fez seu retorno á Ring of Honor, e respondeu o desafio de Bully Ray.

Silas Young e Shane Taylor apareceram e atacaram Flip no começo da Street Fight. Juice Robinson e Mark Haskins apareceram e desafiaram Silas, Shane e Bully para uma six-man street fight match e eles aceitaram.

Six-man Tag Team Street Fight match: Bully Ray, Silas Young e Shane Taylor vs Flip Gordon, Mark Haskins e Juice Robinson

Os seis lutadores fizeram vários golpes até um certo momento onde no ringue só ficou Flip Gordon, Bully Ray, Silas Young e Shane Taylor, com os três últimos com kendo stick nas mãos; os três destruiram as costas de Flip com vários shots com as kendo sticks.

Nos momentos finais da luta, após os seis lutadores terem usados vários objetos, Bully Ray acertou um Bully Bomb em Flip sobre uma mesa; Flip Gordon, conectou com um 450 Splash em Ray, para garantir a vitória para seu trio.

IWGP Junior Heavyweight Championship Triple Threat match: Taiji Ishimori (c) vs Bandido vs Dragon Lee

Uma luta excelente! Os três lutadores foram rápidos durante todo o combate. Um dos melhores da noite, com toda certeza.

Nos primeiros momentos da luta, os três lutadores já estavam acertando vários dives e alguns de seus golpes clássicos;

Nos momentos finais da luta, após um caos ter acontecido, Bandido, aplicou um Double Fallaway Moonsault da terceira corda, segurando Dragon Lee e Ishimori ao memso tempo, os fãs no MSG ficaram loucos após este spot; Dragon Lee aplicou um Desnucadora em Bandido e acertou uma joelhada na cara de Ishimori, para jogar o campeão para fora do ringue, Lee aproveitou e conseguiu a contagem de três em Bandido, para se tornar o novo IWGP Junior Heavyweight Champion.

Fatal Four-Way IWGP & ROH Tag Titles match – Winners Take All: Guerrillas of Destiny (Tama Tonga & Tanga Loa) (c) vs PCO & Brody King (c) vs The Briscoes (Mark Briscoe & Jay Briscoe) vs SANADA & EVIL 

Veja também:  NJPW & ROH G1 Supercard Preview

Em mais uma luta com dois títulos em jogo no G1 Supercard, os oito lutadores tiveram um bom combate.

PCO teve uma entrada espetacular antes do combate começar.

A luta começou pegando fogo, com PCO logo acertando um dive para fora do ringue; dentro do ringue, SANADA colocou Tanga Loa em um paradise lock;

Passaram alguns minutos, e EVIL acertou Tama Tonga com uma cadeira na cara; PCO, acertou um somersault senton na apron, na cara de Mark Briscoe; King acertou um Ganso Bomb, seguido de um Moonsault de PCO, mas Tonga e Loa salvaram á luta, antes da contagem de três.

Tama Tonga e Tanga Loa, pegaram PCO e o jogaram para fora do ringue de uma forma brutal, com um double powerbomb, mas PCO levantou-se logo depois, com os fãs indo a loucura; Guerrillas of Destiny aproveitaram o bom momento e aplicaram um super powerbomb da segunda corda em Brody King, para defender com sucesso os IWGP Tag Team Titles e para se tornarem os novos ROH World Tag Team Champions.

Após a luta, Toru Yano roubou os IWGP Tag Team Championships.

As camerãs não mostraram, mas Enzo Amore e Big Cass tentaram invadir o evento, mas fora parados por Mark e Jay Briscoe, junto com Bully Ray, que bateram bastante nos dois.

RevPro British Heavyweight Championship match: Zack Sabre Jr. (c) vs Hiroshi Tanahashi

Após os fãs terem visto Enzo e Cass tentando invadir o MSG, eles ficaram um pouco quietos na primeira parte desta luta. Mas se tem um lutador que pode trazer os fãs de volta para qualquer luta, este lutador é Hiroshi Tanahashi.

Os dois trocaram várias submissões durante todo o combate e reverteram bastante os golpes de um ao outro.

Nos momentos finais da luta, Tanahashi acertou uma sequência de Twist & Shouts seguido de um sling blade, mas Zack Sabre Jr. escapou antes da contagem de três; Zack Sabre Jr. então colocou Tanahashi em uma das submissões mas brutais que eu já vi na minha vida e fez o Ace desistir na marca de 15 minutos, para defender com sucesso o RevPro British Heavyweight Championship.

IWGP Intercontinental Championship match: Tetsuya Naito (c) vs Kota Ibushi 

Em minha opinião, essa foi a luta da noite. Naito e Ibushi são dois lutadores sensacionais e eles não desapontaram neste combate.

Eles trocaram alguns holds e reverteram alguns golpes no começo da luta, até que Naito levou Ibushi para fora do ringue e tomou controle da luta.

Passaram alguns minutos e Naito tentou aplicar um Tombstone na apron, mas Ibushi conseguiu escapar e acertar um hurricanrana da apron para fora do ringue. Os fãs que já estavam muito investidos no combate desde o começo, tiveram uma boa reação a esse spot.

Eles trocaram alguns de seus golpes clássicos, até que Ibushi conectou com um brutal Swan Dive German Suplex; Naito acertou um Posioned ‘Rana, seguido de um Destino, mas Ibushi escapou antes da contagem de três.

Ibushi acertou dois boma yes, seguido de um Kamigoye, para se tornar o novo IWGP Intercontinental Champion.

ROH World Title Triple Threat Ladder match: Jay Lethal (c) vs Marty Scurll vs Matt Taven 

Veja também:  NJPW & ROH G1 Supercard Preview

Scurll e Lethal eram os favoritos dos fãs no MSG, e Taven foi muito vaiado durante toda a luta.O tempo de duração da luta foi quase 40 minutos no total, eles não fizeram nada errado, mas os fãs estavam um pouco cansandos após Ibushi vs Naito, então eles só ficaram mais investidos na luta nos seus momentos finais.

Logo no começo da luta, Matt Taven fez um belo dive para fora do ringue, onde ele acertou uma escada, que derrubou Lethal e Scurll; Após alguns minutos, Taven acertou um Powerbomb em Lethal direto numa escada; De volta no ringue, Scurll conectou com um Superplex em Taven de cima de uma escada; em um ponto da luta, duas escadas estavam cruzadas uma na outra em formado de x, Scurll aproveitou e aplicou um gutbuster em Taven direto no meio do x dessas duas escadas.

Matt Taven aplicou um Spear em Scurll da apron do ringue, em cima de uma mesa; Jay Lethal após isso, colocou Taven sobre uma mesa, e pulou de cima de uma escada, acertando um Haill to the King em Taven sobre a mesa.

Lethal e Scurll tentaram pegar o título, até que Taven pegou uma escada da cor roxa, que era bem mais alta, ele derrubou Scurll, que caiu sobre uma escada; Lethal e Taven brigaram no topo da escada roxa, até que Taven derrubou Lethal, que caiu sobre uma escada; Matt Taven pegou o título, se tornando o novo ROH World Champion.

Com a vitória, Matt Taven se tornou um Grand Slam Champion na Ring of Honor.

IWGP Heavyweight Championship match: Kazuchika Okada vs Jay White (c) 

O evento principal do G1 Supercard, contou com uma revanche do Wrestle Kingdom 13, onde Jay White derrotou Kazuchika Okada em menos de 15 minutos.

Os fãs no MSG estavam do lado de Okada. A luta foi um evento principal clássico da NJPW, especialmente um que envolve Okada.

Eles começaram devagar, trocando algumas holds, até que Jay tomou controle da luta, após jogar Okada contra a barricada; Jay aplicou algumas holds no ringue, até que Okada jogou Jay para fora do ringue, atacou Gedo e acertou um crossbody sobre a barricada sobre Gedo e Jay White.

No ringue, Jay aplicou um backdrop driver; Okada acertou um belo John Woo; Jay White conectou com o Kiwi Crusher, mas Okada escapou antes da contagem de três.

Kazuchika Okada acertou um tombstone; Okada acertou dois dropkicks em Jay e também acertou um soco em Gedo, que estava na apron do ringue; Jay, aproveitou que Okada tinha se destraído e aplicou um sleeper suplex no ‘Rainmaker’.

Okada surpreendeu Jay com um spinning Rainmaker, seguido de um Rainmaker, mas o IWGP Heavyweight Champion, escapou antes da contagem de três; Jay White, acertou um Blade Runner, mas Okada escapou antes do três.

Eles reverteram vários golpes na sequência final dessa luta, até que Okada conectou com um dropkick, seguido do segundo Rainmaker; Okada tentou aplicar outro Rainmaker, mas Jay reverteu o golpe e quase aplicou um Blade Runner, Okada escapou e aplicou um spinning tombstone, seguido de outro Rainmaker, para se tornar pela quinta vez, IWGP Heavyweight Champion.

O G1 Supercard foi para fora de ar, com Kazuchika Okada celebrando dentro do ringue.

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bret Hart é atacado no Hall of Fame