Cobertura: WWE Monday Night RAW – 27/11/2017

Tivemos Finn Bálor vs. Kane no main event do show

O episódio dessa semana do WWE Monday Night RAW começa com seu vídeo temático de introdução.

1) Seth Rollins vence Raw Tag Team Champion Cesaro por pinfall após aplicar um “Ripcord Knee”.

Após a luta, Rollins é entrevistado sobre a situação da Shield, agora que Roman Reigns é campeão Intercontinental e Dean Ambrose estava afastado do Raw nessa semana, sendo questionado se eles iriam tomar caminhos diferentes.

O “Architect” diz que não há problema em Dean aproveitar sua lua-de-mel, e que o título que Roman ganhou só fez com que eles se unissem mais, falando que Ambrose voltará na semana que vem, quando eles invocarem sua cláusula de revanche contra os Bar para reaverem os cinturões de duplas e mostrarem que a Shield está mais forte que nunca.

2) Samoa Joe vence Titus O’Neil (c/ Apollo Crews) por submissão após aplicar um “Coquina Clutch”.

Após a luta, Crews tentou tirar satisfações com Joe, mas acabou preso em outro “Coquina Clutch”.

Veja também:  Teremos Women's Elimination Chamber em 2018?

3) Bray Wyatt vence Matt Hardy por pinfall após aplicar um “Sister Abgail”.

Após a luta, Hardy ficou encostado num dos cantos do ringue, grunhindo em angústia e gritando seu famoso chant de “Delete”.

4) Rich Swann vence Akira Tozawa, Noam Dar e Ariya Daivari por pinfall após aplicar um “Phoenix Splash” em Dar.

Com essa vitória, Swann se qualifica para o combate que definirá o Number One Contender ao WWE Cruiserweight Championship.

5) Roman Reigns vence Elias (c/ Bo Dallas e Curtis Axel) por pinfall para reter o WWE Intercontinental Championship após aplicar um “Spear”.

Axel e Dallas interferiram no combate salvando Elias e tentando atacar Reigns, mas foram facilmente rechaçados em sua tentativa.

Após a luta, Reigns é atacado por Samoa Joe na rampa, que lhe prendeu no “Coquina Clutch” até que vários árbitros e agentes aparecessem para separá-los. Entretanto, logo após soltar Roman, Joe volta a sufocá-lo até ser finalmente contido pelos árbitros e agentes.

6) Asuka vence Dana Brooke por submissão após aplicar um “Flying Armbar”.

Veja também:  Cobertura: WWE Starrcade 2017

Após a luta, Paige, Sonya Deville e Mandy Rose, as Absolution, cercaram o ringue e fizeram que iriam atacar Asuka, mas permaneceram em suas posições sem fazer nada, enquanto a japonesa saía do ringue com um sorriso desafiador.

7) Kane vence Jason Jordan por count-out após jogar o lutador para fora do ringue, e ele não conseguir retornar por conta de sua lesão no joelho.

Após a luta, Jason tentou continuar dando algum combate a Kane, mas foi facilmente dominado pelo “Big Red Machine”, que focou seus ataques no joelho de Jordan, sendo interrompido apenas pela entrada de Finn Bálor, que veio para enfrentá-lo.

8) Finn Bálor vence Kane por desqualificação após o mascarado acertá-lo com uma cadeira.

Após a luta, Kane prosseguiu com o ataque até o momento em que colocou a cadeira em volta do pescoço de Bálor e subiu na segunda corda para tentar finalizá-lo, pois nesse momento, Braun Strowman apareceu para confrontá-lo.

O “Monster” recebeu uma cadeirada, mas não demonstrou nenhuma dor, e partiu para atacar Kane, jogando-o para fora do ringue e usando os degraus de aço no ataque.

Veja também:  Cobertura: WWE SmackDown Live - 28/11/2017

Depois, ele colocou um dos degraus no ringue e aplicou um “Running Powerslam” no “Demon” em cima do objeto, e para finalizar, acertou-o duas vezes nos degraus com uma cadeira colocada em seu pescoço, com o programa finalizando com Kane fugindo pelo público em dor, enquanto Braun permanecia em triunfo no ringue.

Fonte: Wrestling Notícias

Clicando aqui você assiste aos vídeos do episódio dessa semana do WWE RAW.

Escrito por Vinícius

Estudando para ser Nefrologista;
O Senhor é meu pastor; nada me faltará. (Salmos 23-1).

Twitter ID: @ninhoPROJECT
PSN ID: ninhoPROJECT

Deixe um Comentário

comentário(s)