Entenda o caso de bullying entre Mauro Ranallo e JBL

Grandes sites americanos relataram o acontecimento

Nos últimos dias muito tem se falado sobre um possível caso de bullying dentro da WWE envolvendo Mauro Ranallo e JBL, que levou ao afastamento de Ranallo do programa devido problemas psicológicos causados pelo bullying sofrido. O assunto ganhou destaque na mídia americana, indo parar nos sites de grandes tabloides, como o New York Post e o Sports Illustrated. Para que possamos compreender tudo o que está acontecendo, o Wrestlemaníacos resolveu juntar algumas informações sobre o ocorrido.

“Mauro Ranallo, o conhecido especialista em play-by-play no MMA e co-narrador do WWE Smackdown Live, alegadamente foi vítima de bullying por John Bradshaw Layfield, conhecido há anos por JBL na WWE.

Ranallo, que enfrenta problemas mentais e é um defensor de saúde mental, fez sua última aparição na edição de 7 de Março do Smackdown. Sua ausência dos programas da WWE ganhou maior repercussão durante a semana, e Ranallo não tem planos de retornar à empresa antes que seu contrato acabe, em Agosto.

Os fatos verificados sobre a situação de verdade são escassos. JBL criticou Ranallo em um programa no WWE Network, o Bring it to the Table no dia 13 de Março em resposta à Ranallo ter tweetado sobre ter ganho o prêmio de “Narrador do Ano” pelo Wrestling Observer’s Award. O programa da WWE é completamente scriptado, o que pode significar que a crítica de Layfield à Ranallo foi aprovada pela própria WWE.

Veja também:  WWE não planeja Royal Rumble Feminina em 2018

Ranallo então perdeu o show do Smackdown que aconteceria na noite seguinte, segundo a WWE, graças à uma nevasca que o impossibilitou de viajar ao local do show. O parceiro de podcasts de Ranallo, e lenda do MMA Bas Rutten então insinuou no twitter que JBL havia tratado mal Ranallo. Nem Ranallo e nem Rutten responderam ao pedido de entrevista do Sports Illustrated. O SI ainda tentou entrar em contato com a WWE por uma declaração oficial, que respondeu com um “Mauro Ranallo está sobre contrato com a WWE até o dia 12 de Agosto de 2017.”

Durante todos esses anos a maioria de nós já ouviu alguma história vinda de wrestlers e sua suposta prática de bullying nos bacstages. Brincadeiras boas e “tirações de sarro” no Pro-Wrestling são comuns, mas a maioria das pessoas neste negócio dizem que JBL as vezes leva as coisas para além dos limites. Dave Meltzer, que está cobrindo toda a história entre JBL e Mauro Ranallo para o Wrestling Observer Newsletter, disse que 15 pessoas já entraram em contato com ele para falar sobre essas situações com JBL, a maioria agradecendo por estar colocando esse tipo de prática em exposição, visto que essas pessoas teriam passado por situações semelhantes. A única pessoa que se interessou em expor isso à publico foi Justin Roberts.

Veja também:  Cobertura: RAW - 20/11/2017

Justin Roberts chegou a falar sobre essas acusações de bullying por parte de JBL em seu novo livro. Ainda citou uma história sobre Joey Styles bater em JBL após sofrer um trote. Segundo Roberts, JBL teria sido nocauteado por Styles, mas aparentemente Styles apenas o esmurrou. No livro também é citado o incidente do One Night Stand de 2005. JBL teria disparado provocações contra Blue Meanie ao final do show, e isso resultou em Meanie sangrando e machucado. A WWE contratou Meanie por um contrato de curta duração depois que soube que Meanie estaria considerando entrar com uma ação legal na justiça contra JBL.

O ex-wrestler do Smackdown Palmer Cannon foi demitido da empresa em 2006 após acusações de trotes realizados contra alguns veteranos nos vestiários da empresa. JBL foi citado como uma das pessoas envolvidas no caso, chegando até a entrar em um confronto físico com JBL. Isso foi o fim da carreira de Palmer Cannon no pro-wrestling.

Veja também:  Dois Superstars se afastando dos ringues para continuação de Busca Explosiva 6

No Youtube é possível encontrar diversos vídeos de entrevistas de lutadores falando sobre situações de bullying envolvendo JBL, incluindo Mark Henry, Matt Hardy, Renee Dupree e Daivari.

Durante o show do Smackdown na noite de ontem, o público executou alguns cânticos pedindo a demissão de JBL devido a essa situação com Ranallo, e um fã foi expulso. Clique aqui e confira.

Deixe um Comentário

comentário(s)