Esgoto Extremo #8 – Shane McMahon contra Undertaker?!

esgoto banner

Eu não poderia deixar de falar sobre o retorno de Shane McMahon, não é mesmo? Cliquem no mais para saber o que eu acho que irá acontecer na tal luta entre Shane e The Undertaker na próxima Wrestlemania!

A presença de Shane McMahon no último Monday Night Raw surpreendeu a todos. Sua saída da empresa em 2009 para se tornar CEO de uma empresa chinesa YOU On Demand gerou questionamentos sobre o relacionamento de Shane com seu pai e sua irmã, visto que há muito tempo há o questionamento sobre qual dos dois filhos irá assumir a WWE quando Vince deixar a companhia.

A experiência de Shane como CEO da empresa durou até 2013, e o mesmo desde então estava no cargo de vice-presidente da companhia. Para aqueles que não sabem, a WWE precisa de alguém com experiência em negócios para assumir o lugar de Vince quando ele deixar a empresa devido à importância que isso tem para os seus investidores, e Shane é visto pelos investidores como um nome muito mais interessante do que o de Stephanie McMahon (e consequentemente Triple H) devido ao mesmo ter ido atrás de novos ares e criado seu próprio império em uma outra área e em um outro país. Portanto, é inteiramente possível que este retorno seja algo definitivo, e ele realmente assuma o controle da empresa num futuro próximo.

Mas essa questão de bastidores não é o principal assunto de hoje. O que iremos nos focar é justamente na questão dentro do ringue. A volta do filho mais velho de Vince veio com o anúncio da próxima de luta de Undertaker na Wrestlemania. Hell In A Cell Match entre o filho de Vince McMahon e o maior símbolo da Wrestlemania em toda a sua história. Por mais que o retorno de Shane tenha sido ótimo e a luta tenha uma importância gigante na storyline, algo me incomoda nisso tudo: A possibilidade de que Shane McMahon, de todas as pessoas no mundo, irá enfrentar e provavelmente ganhar de Undertaker em uma Wrestlemania.

Veja também:  WWE Backlash 2017: Card final

Sim, eu sei que ele já lutou, que ele pulou de não sei quantos metros durante a Attitude Era e tudo mais. Mas Shane nunca ganhou nada no Pro-Wrestling além de títulos sem grande relevância na empresa (European Championship e o Hardcore Championship) e em todas as suas rivalidades ele saiu por baixo. Ele nunca foi considerado um wrestler mesmo, e Undertaker perder para alguém como ele desvaloriza toda a sua história na Wrestlemania. Sim, eu sei que vitórias e derrotas não importam no fim das contas, e o fato de Taker já ter perdido na Wrestlemania ameniza a possibilidade dele perder totalmente, mas não seria ao mesmo tempo tirar o mérito de Brock Lesnar de ter sido o único homem a conseguir tal feito? Pensem bem, Brock Lesnar e Shane McMahon seriam os únicos dois homens a derrotar Undertaker numa Wrestlemania… Não, não fica legal e faz parecer que Shawn Michaels, Kurt Angle, Triple H e outros foram incapaz de conseguir algo que um cara que não lutava a 6 anos e que nunca foi propriamente um wrestler conseguiu.

Outra questão está no próprio Undertaker. Apesar de ele estar com uma faceta de heel ultimamente, aplicando low blows e tudo mais, nada leva a crer que ele simplesmente iria aceitar representar Vince McMahon sem falar nada. A não ser que a WWE decida retornar com a história da urna que controla Undertaker e fazer Vince possuí-la, eu imagino que Undertaker possa até se recusar a ser o representante de Vince McMahon, talvez até mesmo se colocando como representante de Shane McMahon, forçando Vince a escolher um outro lutador. E este lutador poderia ser John Cena.

Sabe-se que a WWE tem interesse em fazer Cena x Undertaker na próxima Wrestlemania. Colocar Cena como representante de Vince (ou de Shane, se Undertaker for mesmo o representante de Vince McMahon na luta) seria uma maneira de fazer os dois finalmente terem a chamada Dream Match na Wrestlemania. Porém, Cena ainda está machucado, e os comentários antes do retorno de Shane era de que o oponente de Undertaker nesta Wrestlemania seria alguém que estava fora da empresa, confirmando que Shane x Undertaker realmente ocorrerá no fim das contas. Existe a forte possibilidade de Cena não estar presente nesta Wrestlemania, algo que não acontece desde 2003 (curiosamente, a última Wrestlemania sem Cena foi também a última Wrestlemania com uma luta de Hulk Hogan). Portanto, apesar de ser uma ideia melhor do que colocar Shane no ringue depois de tanto tempo, Cena x Undertaker está praticamente descartada para a Wrestlemania 32.

Veja também:  WWE Backlash 2017: Card final

Então vamos considerar que Undertaker enfrente mesmo McMahon. Todos nós sabemos que a luta não será um primor de técnica, e ela ter se tornado uma Hell In a Cell foi a melhor coisa possível, pois permitirá que os dois lutadores se foquem no brawl e no uso da jaula para a montagem dos acontecimentos na luta. Preocupa-me um pouco a possibilidade de Shane McMahon, no alto de seus 46 anos, pular do topo da Hell In a Cell, afinal estamos falando de Shane McMahon e isso é algo que ele muito provavelmente irá fazer, mas só de lembrar o quanto uma queda dessas afetou Mick Foley, é preocupante pensar que o possível novo dono da WWE possa sofrer sequelas por conta disso. Ela ser uma Hell In A Cell não exclui a possibilidade de interferências, algo que pode vir a acontecer de ambos os lados. Vince pode querer garantir que Shane não tenha chance alguma, Shane pode contratar um grupo de lutadores (A Bullet Club, talvez) para ajudá-lo, Sting pode aparecer para ajudar Shane visto que ele era um dos homens anti-autorithy… A probabilidade de interferências é grande, até porque fazer Shane vencer Undertaker depois de uma série de interferências seria mais plausível do que Shane vencendo Undertaker de forma limpa. Shane vencendo de um jeito ou de outro é a situação mais provável, sendo que uma das Raws após a Wrestlemania chegou a ser anunciada como “WWE Monday Night Raw vs WWE” durante alguns dias até a WWE modificar o texto e dizer que foi um erro de escrita.

Veja também:  WWE Backlash 2017: Card final

Mas… E se Undertaker vencer? Todos nós ficamos animados com a possibilidade de Shane assumir o controle da RAW, potencialmente acabando com o angle da Autorithy ou criando uma nova Brand Split, com Vince tendo de se contentar em controlar a Smackdown. Porém Shane pode ter vindo apenas para ter uma luta com Undertaker, perder e tudo voltar ao normal. Broxante, não é? Mas é, é uma possibilidade. Seria um tapa na cara dos fãs dar toda uma esperança de mudança para no final das contas nada acontecer, mas estamos falando da WWE aqui, e dar tapas na cara dos fãs é algo que ela adora fazer. Há também a possibilidade de que a luta termine sem um vencedor, e a história entre os McMahons continue em outros eventos, mas acho que tal acontecimento é pouco provável considerando que se trata de uma Hell In A Cell. Seja como for, o retorno do irmão mais velho de Stephanie deu ao Raw um fôlego novo, e algo para as pessoas se interessarem até a Wrestlemania. E também fez muitos dos que pensavam em cancelar a WWE Network após o Fast Lane mudarem de ideia. A vitória de Shane pode fazer esses fãs desistirem de vez dessa ideia, mas a derrota pode fazer muitos realmente cancelarem a Network, já que significa que a empresa não pretende mudar tão cedo.

Escrito por Rodrigo Peret

Estudante de Jornalismo, redator e colunista do Wrestlemaníacos. E ídolo do Izac Luna.

Deixe um Comentário

comentário(s)