Laurel Van Ness em entrevista

Knockout falou sobre diversos assuntos

A ex-competidora do WWE Tough Enough, e agora iMPACT Wrestling Knockout, Laurel Van Ness, foi entrevistada recentemente pelo site VICE e falou sobre ter se tornado uma lutadora, sobre como começou a se interessar pelo Wrestling, sobre sua personagem no iMPACT Wrestling, sobre o destaque o Wrestling Feminino vem recebendo e mais. Confira abaixo os destaques.

Sobre ela (Laurel Van Ness) ter entrado para o Wrestling:

“Eu estava bastante interessada em ter boa condição física. Joguei diversos esportes para crescer. Eu não queria crescer com o Wrestling. Eu não queria saber de nada sobre Wrestling. Eu morava em Calgary, e um monte de caras antigos da WWE, WWF e WCW vinham até Calgary para treinar ou trabalhar no cenário independente. Quando vivi lá, eu me tornei interessada em tudo sobre Wrestling por curiosidade. Eu estava no computador uma noite, e então o RAW começou a exibir uma luta feminina que eu decidi assistir. Eu pensei, huh, eu posso fazer isso. Em seguida, você sabe, fiquei de joelhos para o Wrestling. Liguei para o lutador canadense, Lance Storm, e comecei a treinar com ele na semana seguinte. Me senti apaixonada pelo esporte.”

Como Chelsea Green se tornou a personagem Laurel Van Ness:

Eu lembro que comecei dizendo, se você é um vilão, encontre algo que faça o público te odiar. Talvez você tenha uma voz que faça as pessoas ficarem realmente aborrecidas. O que quer que possa ser.  Caso você seja um mocinho, você precisa tentar fazer a platéia gostar de você. Tente ser alguém legal. Eu descobri isso, pois quando fui ao ringue como uma vilã, as pessoas me odiaram por ter cuidado de mim mesma. Quando fui ao salão, recebi extensão de cabelo e coloquei maquiagem. Os fãs odiaram meu papel de garotinha-garota. Eu pensei, beleza, farei as pessoas se aborrecerem comigo 110%. Então comecei a falar sobre como me vestia, e comecei a comparar minha ring-gear com as das outras lutadoras, e isso realmente aborreceu o público. Assim como o progresso da sua carreira, o progresso do seu personagem também evolui. Eu comecei com uma ideia, e ela evoluiu para uma rica, faminta por dinheiro, e garotinha do papai. Agora com o iMPACT Wrestling, eles queriam que minha personagem fosse abandonada no altar, e então me tornei uma noiva rejeitada.”

Como seu interesse cresceu pelo Wrestling Feminino:

“Três anos atrás foi quando eu vi os fãs começando a realmente se importar com o Wrestling Feminino. Mulheres faziam coisas incrível, mas nunca eram reconhecidas por isso, e agora são. Nesses últimos três anos, tivemos a Divas Revolution, que foi um passo na direção certa para as mulheres. Nós estávamos sendo notadas, nós estávamos nos eventos principais, nós estávamos fazendo Ladders Matches, Chairs Matches, e Cage Matches, que são coisas que nunca haviamos feito antes. Existem tantas boas lutadoras que precisam de destaque. O principal para isso acontecer é o foco da mídia nelas. Agora temos o reality show Total Divas, que foca nas mulheres desse esporte. Um monte de garotas assiste isso e pensa, eu nunca achei que fosse desse jeito. Eu nunca pensei que lutadoras poderiam ser tão legais, fortes e bonitas. Elas nunca haviam visto esse nosso lado.”

Maior equívoco que ela cometeu:

“Um monte de pessoas olha para mim e diz ‘como você pode ser uma lutadora? Você não é grande nem fortona como a Chyna foi.’ Várias pessoas dizem isso para mim, ou pensam que eu não sou lutadora, e sim, apenas uma valete ou gerente de um lutador.”

Melhor parte do Wrestling:

“Interagir com os fãs, o que pode ser positivo ou negativo. Eles são tão incríveis. Toda vez que eu vou para um evento tenho diversas pessoas me apoiando. Mesmo que eles me ‘odeiem’, sei que estou fazendo um bom trabalho. Eu amo isso. É recompensante ver garotinhos e garotinhas vindo me conhecer e me tratarem como uma ídolo deles. É por isso que faço o que faço. É muito divertido.”

Clicando aqui você pode ler a entrevista completa de Laurel Van Ness.

Escrito por Vinícius

Estudando para ser Nefrologista;
O Senhor é meu pastor; nada me faltará. (Salmos 23-1).

Twitter ID: @ninhoPROJECT
PSN ID: ninhoPROJECT

Deixe um Comentário

comentário(s)