in , ,

Maníacos por Entrevista: Gabriel Nogueira (FILL)

O Rei dos Voadores da FILL é o segundo entrevistado do quadro

O atual campeão Rei dos Voadores da FILL Gabriel Nogueira é o segundo entrevistado do novo projeto Maníacos por Entrevista, que objetiva trazer mais sobre a luta livre produzida no Brasil para você maníaco por wrestling. São entrevistas semanais com personalidades da luta livre nacional, o nosso pro-wrestling.

Gabriel Nogueira, 21 anos, usa seu nome real para se apresentar. O carioca foi treinado, em seu início, pelos ex-campeões de pesados da FILL Tytan e Lorain Campos. Apesar de apenas há três anos como lutador, Gabriel é Rei dos Voadores desde abril do ano passado, já são 546 dias com título.

Confira a entrevista completa:

Wrestlemaníacos: Como você conheceu a luta livre? E quando surgiu a ideia de treinar para virar um lutador profissional?

Gabriel Nogueira: Conheci a luta livre novinho, antes da época do SBT, mas fui virar fã mesmo quando voltei a ver em 2015. A ideia de lutar foi eu e o Railan, que era minha dupla, na minha casa jogando WWE2K. E eu falando “Será que tem aqui no Rio?”. Ai pesquisei no Facebook e achei a FILL. Conhecia a área de Vicente [bairro Vicente de Carvalho], fomos juntos. Começamos a treinar. Lembro que foi no sábado da semana que fiz 18 anos, em 2015.

Veja também:  BWF realiza In House #20 hoje; confira todas as informações

WM: O que a luta livre significa pra você?

Gabriel: Eu disse essa frase hoje: “Já tenho uma esposa. Sou casado com a luta livre”. A luta livre é minha coisa favorita no mundo. Os diferentes tipos, o treinamento. A confiança que exige nos outros lutadores. É o que eu quero pra vida.

WM: O que te motiva a continuar lutando, se arriscando no ringue, sabendo que não recebe nada (dinheiro) pra isso e o fã de luta livre no Brasil pouco se interessa pelo produto nacional?

Gabriel: Esperança. Meu sonho é viver de luta livre no meu país. Claro, viajar e lutar lá fora é um sonho também. Mas criar um mercado nacional e fazer minha arte aqui é meu principal objetivo.

WM: Já sofreu preconceito por gostar/praticar luta livre?

Gabriel: Claro. Meus pais mesmo, até hoje não me dão tanto suporte. O famoso papo de “é luta de mentira”, “parada de circo”. To acostumado já.

WM: Um combate marcante de sua carreira, aquele que mais lhe deu orgulho do que faz.

Veja também:  FILL A Conquista: assista aos combates do evento

Gabriel: Tenho combates melhores, tecnicamente falando, mas minha luta contra o Andy no FILL 10 anos é minha favorita. Segunda fase do torneio pelo Rei dos Voadores, ex-melhor amigo eliminando o campeão na segunda fase. Muito boa.

WM: Um adversário dos sonhos

Gabriel: Randy Orton e Chuck Taylor.

WM: Algum da luta livre nacional?

Gabriel: Death Rider, gosto muito do estilo dele.

WM: O que você tem a dizer para os jovens brasileiros que querem se tornar um wrestler profissional?

Gabriel: Aprender luta livre e querer viver disso exige muita dedicação e muita paciência. É uma arte incrível, e qualquer um sempre é recebido com braços abertos, mas o caminho é longo pra esse sonho.

WM: No evento A Hora do Troco, você esteve ao lado de M2 quando ele se tornou o novo campeão de Pesos Pesados da FILL. Fale um pouco sobre essa parceria e o que os FILL-Fanáticos podem esperar dos campeões juntos.

Gabriel: O M2 tava em desvantagem e eu não podia ver aquilo sabendo que eu podia ajudar. Então eu ajudei. Mas o estilo do M2, de não ligar pras regras e gostar de ser odiado. Não é o meu. Nosso futuro ta meio incerto por isso, só esperar pra ver.

Veja também:  Maníacos por Entrevista: Max Miller (BWF)

WM: Deixe uma mensagem para os leitores para encerrarmos.

Gabriel: A luta livre nacional tem um potencial internacional. Todos nós, não só da FILL, mas de todas as federações nacionais sonhamos em viver disso. Apoiem o material nacional, apoiem essa arte incrível que amamos tanto. Ah, e sobre o Kraven, meu oponente no “A Conquista” nesta quarta, dia 31, no canal da FILL no YouTube, eu só tenho uma coisa a dizer: #EleNão.

O Wrestlemaníacos agradece imensamente Gabriel Nogueira pelo seu tempo para nos responder. A próxima será com um certo Youtuber aí, fiquem ligados!

> Confira a primeira entrevista do quadro, com Rapha Luque, clicando aqui

Um comentário

Deixar uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Venda de ingressos para o Crown Jewel é adiada

Resultados: WWE Mae Young Classic – 17/10/2018