in

Opinião do momento: novos cinturões da WWE; preguiça? Não!

OM

Após essas novidades acerca dos novos cinturões da WWE, resolvi opinar sobre já que é algo que se trata da minha profissão. Vamos lá no “leia mais”.

Essa semana tivemos a apresentação dos novos cinturões da WWE, primeiro o WWE Universal Championship e agora os Smackdown Women’s Championshio e Smackdown Tag Team Championship.

Durante o Summerslam, quando apresentado o Universal Championship, eu e mais 90% dos fãs não acreditavam no que viram. Uma espera de semanas por um novo cinturão e ele ser idêntico ao WWE Championship só que… vermelho. De início julguei a equipe criativa e de design da WWE de serem preguiçosos, mas após a apresentação dos outros cinturões, eu mudei totalmente de ideia.

Eu como designer gráfico formado, parei e analisei toda essa situação. Agora percebo que a WWE quer dar uma forte identidade a cada brand. Usar o vermelho e o azul para deixar tudo bem marcante e único em suas respectivas brands, o que é certo quando se trata de identidade visual. A WWE como uma das maiores empresas do mundo, tem uma equipe sensacional quando se trata de design, então vejo tudo como uma estratégia e não preguiça.

índice

A WWE quer que quando você olhe para a cor vermelha, o RAW vem na sua mente e assim com o azul e o Smackdown. Nós já vemos isso em pequenos detalhes, como cordas dos ringues e microfones. Agora, nos cinturões.

Poderiam ter criado um design totalmente diferente para os novos cinturões? Sim e a equipe criativa da WWE tem total capacidade para isso, mas quando se fala de identidade, você tem que manter o padrão – quando você olha sua carteira de identidade seu rosto é o mesmo, mas com o tempo ocorre pequenas mudanças, cabelo, barba etc –  e foram o que fizeram: padronizam os principais títulos mas diferenciando-os em pequenas mudanças nas cores; porque isso é manter uma identidade de uma marca seja ela qual for.

Como diria o mestre Steve Jobs, “design não é apenas o que parece e o que se sente. Design é como funciona.” Ou seja, resolver um problema.

O problema que a WWE sentia era não ter algo marcante nas brands e agora encontrou, nas cores e design de cinturões. Nem sempre o “mais bonito” é o melhor quando se trata de design.

Vamos apenas aceitar as novas estratégias da nova era da WWE, não importa se acharemos feio ou bonito, porque creio eu, isso foi só o começo.

11 Comentários

Deixar uma resposta
  1. Respeito a sua opinião, mas, com exceção dos belts de duplas do Smackdown, os cinturões ficaram uma bosta. Daqui a pouco vão modificar os cnturões Intercontinental e US pra também ficarem no mesmo estilo.

  2. Eu realmente espero que o WWE World Championship não seja pintado de azul porque ele na sua cor atual é bem mais bonito.
    Intercontinental e US Championship acho que não mudam, pois são títulos clássicos.

  3. Acho que isso tem relação com outras promoções de combate também. Federações de MMA, boxe e outras artes marciais possuem cinturões idênticos, independente da categoria de peso. Acredito que pode ser um raciocínio somado a questão identitária das cores.

  4. E outra: com isso, a WWE passa a ter DEZ cinturões, em um roster com 77 lutadores, sendo que quatro são part-timers e vários estão lesionados/suspensos. É muita coisa. Cinturões demais, acabam sendo desvalorizados.

  5. Concordo com tudo, padronizar esses títulos eu acho a melhor opção veja outras empresas como a NJPW que todos seus títulos tem um mesmo padrão e nem por isso são lixos como muitos tem falado.

    Só espero que o cruiserweight title tenha um outro modelo

  6. Olhando por esse lado faz bastante sentido.. porém ainda sou contra essa padronização. Eu acho muito melhor ver uma boa variedade de títulos com design diferente do que os mesmos títulos com apenas cores diferentes e na maioria das vezes, mal escolhidas. A mesma coisa com os nomes. Não da pra negar que é muito mais interessante e divertido trabalhar com essa variedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Wrestlemaníacos Ratings – PROGRESS Chapter 34: Keep It Unreal – 14/08/2016

Finn Bálor realiza sua cirurgia