Opinião do Momento: O SUCESSO dos nossos brasileiros na WWE

Um dos grandes momentos para nós fãs brasileiros

Este artigo vai mesclar um pouco de pro-wrestling e conquista de objetivos. Nos últimos tempos eu andei um pouco sem fé no que de bom a vida pode nos proporcionar, e graças a uma pessoa que todos conhecem (ou a maioria conhece), eu comecei a mudar esses pensamentos: Cezar Bononi.

Não estou aqui aqui para encher o ego de ninguém ou coisa do tipo, estou aqui, para dizer sem demagogia, que o Bononi e os outros 2 brasileiros que estão na WWE – Taynara Conti e Adrian Jaoude – merecem ir muito além de onde estão e também para falar a forma que o Bononi vem mudando meus pensamentos.
Eu lembro exatamente do dia em que o Bononi foi anunciado oficialmente como nova contratação da WWE (mesmo sabendo da notícia antes), na mesma hora eu me senti eufórico porque finalmente tínhamos alí um brasileiro na maior companhia de pro-wrestling do mundo, com a possibilidade de mudar o cenário da luta-livre em nosso país e mudar nosso cenário lá fora, onde o mundo poderia ver a qualidade que nossos lutadores tem. Horas depois, comecei a ler comentários negativos como: “Brasileiro? Não vai durar 3 meses na WWE”, “Duvido que chegará a participar até de um live event”.
Essas palavras me deixaram triste pela falta de confiança e apoio de alguns brasileiros em algo tão importante para nós fãs de pro-wrestling, afinal era nosso “telecatch” indo pra fora. Mas eu tinha certeza que essas mesmas pessoas iriam rever suas falas nos próximos meses. E não é que eu estava certo?
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
Mas antes, vou voltar um pouco e falar sobre essa cara que ficou conhecido como V8 por essas terras brasileiras. Por simples e boa vontade, esse cara começou a tentar elevar minha forma de ver a vida, que os desafios por mais que sejam duros podem ser vencidos e alcançados. Lembro que ele me mandou uma mensagem simplesmente dizendo: “Você lê livros? Vou te dar um e esse livro irá mudar sua vida”. Na hora, eu que estava sem algo importante no homem, a fé. Mas claro, aceitei o presente e comecei a ler. Além do livro, a cada conversa com esse cara, esse cara que fica mandando os adversários baixarem a bola e que vai “bater em todos”, era uma lição, era uma identificação nas dificuldades da vida.
Isso abriu minha mente de uma fora extraordinária. Parei pra refletir e vi que todos passam por problemas mas que não podemos deixar isso abalar nosso vida profissional, nossos sonhos. Assim como o Cezar, nossa Tay e nosso Jaoude tem que a cada dia mover pedras para alcançar seus sonhos. E todos estão conseguindo, porque nossos problemas não são maiores que nossos objetivos.  A cada dificuldade, esses brasileiros que “não chegariam a lugar”, estão conseguindo dar aquele orgulho para nós fãs brasileiros.
A imagem pode conter: 1 pessoa, no palco e em pé
A maior prova disso, é vermos dois brasileiros lutando em eventos televisionados na empresa do Senhor McMahon. Eventos que o mundo todo assiste. E o melhor: por méritos.
Se olharem pra trás, e buscarem conhecer as histórias desses 3 brasileiros, já sabemos que eles são vencedores por apenas ter pisado no centro de desenvolvimento da WWE. São pessoas batalhadoras, guerreiras e não importa se estarão em um main-event de WrestleMania, são vencedoras porque a cada dia lutam contra um adversário que todos conhecem: o medo do fracasso. O fracasso passa longe da Tay. A falta de sucesso não beira a porta do Jaoude. A desistência não anda de mãos dadas com o Bononi. Eles já são vencedores.
Todas essas vitórias levaram nossos lutadores onde estão, e digo com o coração que eles vão ir além disso. Alguns podem duvidar do potencial dessas pessoas, mas eu sei que cada suor derramado pelo trio brasileiro, será recompensado num futuro.
A imagem pode conter: 1 pessoa
Você que diz que o sucesso passa longe de você, te desafio a fixar sua mente nos nossos brasileiros que estão na WWE. Porque com certeza eles estão tendo um sonho de sucesso realizado, e não porque simplesmente o destino quis assim, mas porque eles batalharam para chegar onde estão. Deixaram o medo do fracasso de lado. O fracasso seria se eles tivessem desistido. Então, acreditem e não percam a fé no sucesso, maníacos.
Abraços.

Deixe um Comentário

comentário(s)