Pra Ser Sincero #13 – O Fenômeno New Day

banner pra ser sincero

OOOOOOOO WRESTLEMANIACOS, DON’T YOU DARE BE SOUR, CLAP FOR YOUR WORLD FAMOUS ARTICLE AND FEEEEEEEL THE POWER. IT’S A PRA SER SINCERO, YES IT IS.

Olá, eu sou Gabriel Goto e este é mais um Pra Ser Sincero, esta semana falarei sobre os atuais campeões de duplas que há mais de um ano encantam uma grande maioria dos fãs. Então, não perca mais tempo e clique no Leia Mais para conferir o que eu tenho a dizer.

Kofi Kingston, Big E e Xavier Woods na semana passada ultrapassaram o recorde de maior tempo com o Tag Team Championship, agora já são 338 dias e cada vez mais acredito que este reinado esteja no fim, por exemplo: No Money in The Bank teremos uma Fatal 4-Way entre eles, The Club, Vaudevillains e Enzo Amore & Colin Cassidy.

Então, antes que corra o risco da New Day perder os seus cinturões, eu como fã, farei uma pequena homenagem aos domadores de unicórnios, comedores de Booty’Os e piadistas de primeira linha.

No começo, há quase dois anos, o trio debutou sobre muita desconfiança, eles eram literalmente odiados e eram vaiados por tudo que faziam. A WWE até foi acusada de racista, por dar essa gimmick ao trio evidentemente negro, começaram os cânticos “New Day Sucks” até que aí veio o heel turn.

Nisso, os cânticos de “New Day Sucks” obviamente continuaram, mas foi dado mais tempo para eles e isso os transformou em estrelas. Conseguiram adaptar a personagem deles de forma tão significante e conquistou a grande massa de fãs. Fizeram segmentos memoráveis, como contra o The Rock, com o Edge & Christian, eles cantando a sua versão de Empire State of Mind e muitos outros bons segmentos.

Veja também:  Na Teia do Aranha #71 - Busquem Conhecimento

No Extreme Rules de 2015 eles derrotaram Kidd e Cesaro para assim começar o primeiro reinado como Tag Team Champions, perderam no Money in the Bank para Primetime Players, mas reconquistaram no Summerslam e estão com os títulos até hoje. Nesse tempo, New Day sofreu um face-turn, pois eles estão tão overs com todos que apenas isso poderia acontecer, afinal “New Day Rocks”.

Com isso, chegamos ao nosso foco, New Day que começou como face, tiveram um heel turn por serem extremamente odiados (e não por serem irritantes, mas simplesmente porque não engoliram a gimmick, mas depois…) e finalmente conquistaram o seu espaço e hoje eu diria que eles são um dos melhores trios/grupos desse século, comparando-se a Shield, dando um exemplo mais recente.

E eu dou todo crédito do sucesso da New Day em Big E, Kofi e Xavier, porque eu duvido que a equipe criativa tenha tido algum ponto em tudo isso, talvez no começo e por isso que foi tão mal recebida. Porém, se não fosse pelos três, eles já teriam caído no poço do esquecimento tendo virado uma 3MB ou Social Outcasts. Felizmente, eles viraram o que são hoje.

Você pode até não gostar deles, mas tem que admitir que o que eles fizeram são poucos que conseguem, de entrar e ficar no fundo do poço, mas ressurgir como eles ressurgiram. Você tem que admitir que eles tem talento, ou se não você é um bundão. BOOTY.

Veja também:  Na Teia do Aranha #71 - Busquem Conhecimento

Porém, eu sinto que o ciclo deles está chegando ao fim, ainda mais com a presença intimidadora de Karl Anderson e Doc Gallows na divisão de duplas. Talvez possa não ser no Money in the Bank, mas talvez até o Summerslam ou antes disso, com um possível brand split dividindo o trio e como a WWE odeia deixar bons grupos/trios/duplas por muito tempo juntos, Os Usos estão aí juntos até hoje pra não me deixar mentir, o fim do novo dia está próximo.

Eu posso estar errado, talvez eles não se separem nos próximos meses, mas conhecendo o perfil da WWE diria que há uma grande chance disso ocorrer. Então, após eles ganharem diversos prêmios fora da WWE como: Tag Team of the Year pelo PWI, WWE Wrestlers of the Year pelo Rolling Stone e a best gimmick pelo WON. O que seria da New Day em carreiras solos?

Big E é em quem eu vejo o maior potencial, ele que antes da New Day já havia conquistado o Intercontinental Championship e o NXT Championship (derrotando Seth Rollins), possui todo o potencial para ser bem sucedido em sua carreira solo e por mais divertido que a New Day seja, ficar por 2 anos num mesmo foco é muito ruim e seria ótimo ver Big E correndo atrás do US Championship ou Intercontinental Championship para quem sabe em 2017 ele não estar mirando o WWE WHC.

Veja também:  Na Teia do Aranha #71 - Busquem Conhecimento

Kofi é um dos caras mais vitoriosos do atual roster, sendo 4x Intercontinental Champion, 3x United States Champion, 1x World Tag Team Champion e outros 4 reinados como WWE Tag Team Champion em 10 anos na WWE. Eu poderia muito bem ver ele como o campeão mundial da empresa e ele como um dos veteranos acredito que faria um bom trabalho.

E por último, mas não menos importante, Xavier Woods. Ele que em toda sua carreira, que não é pequena, conquistou majoritariamente títulos de duplas como na FCW, na NWA e até mesmo na TNA (com Jay Lethal, atual ROH World Champion), então o retrospecto não ajuda Xavier como lutador solo, porém há uma solução.

Para mim, o ideal, seria Big E com uma carreira solo e deixando Kofi Kingston e Xavier como uma dupla, o Big E ser draftado para um show diferente dos outros dois companheiros e conclusivamente tendo que se separar. Para mim, essa seria a melhor opção, não sei para vocês. Sintam-se livres para discorrer de suas opiniões.

Este foi mais um Pra Ser Sincero, onde relembrei um pouco dos quase dois anos de New Day e como sei que nada na WWE é eterno, dei o que para mim pode ser o melhor após uma possível separação. Espero que tenham gostado, não deixem de comentar, expressando suas opiniões sobre o trio, sobre possíveis carreiras solos e até a próxima.

Escrito por Gabriel Goto

18 anos, estudante de Letras, amante de Pro-Wrestling e outros bons meios de se contar uma história, escrevo o Pra Ser Sincero e o Wrestling Tales.

Deixe um Comentário

comentário(s)