Pra Ser Sincero #19 – O pior e melhor do WWE Draft 2016

banner pra ser sincero

Olá, eu sou Gabriel Goto e este é mais um Pra Ser Sincero! Nesta décima nona edição, falaremos daquilo que está fresco em nossas memórias: O Draft! Contarei o que achei do show num geral, qual brand ficará melhor e quais foram cagadas que aconteceram. Venham comigo!

Primeiro, falando sobre as escolhas de GM’s que ocorreram no Raw. Já sabíamos que Daniel Bryan seria o GM do Smackdown, pois a WWE já havia soltado um spoiler sobre isso, mas contra a expectativa de todos a Stephanie McMahon anunciou que Mick Foley seria o GM do Raw! O que eu achei sensacional, não penso em ninguém que pensou que ele seria o escolhido e acredito que há muito potencial nele, muito feliz em ver tanto Foley quanto Bryan novamente na televisão.

Os primeiros picks das brands foram suscetivamente (Raw e Smackdown) Seth Rollins e Dean Ambrose, o que já era o esperado, principalmente por tudo que ocorreu na noite anterior. Bryan e Shane ainda trouxeram AJ Styles para a brand azul enquanto o Raw trouxe a Women’s Champion Charlotte e Finn Balor, sendo esse um dos debuts mais esperados e que deve ocorrer no próximo Raw ou até mesmo quem sabe no Battleground, já que The Club foi draftado para o Raw enquanto AJ para o Smackdown, isso terá alguma implicância no combate de trios no PPV?

Falando num geral, acredito que o main event esteja equilibrado entre as brands, mas o upper e mid card está um pouco deprimente. Por isso, falarei das cagadas agora.

Primeiro, você drafta o Sami Zayn para o Raw para logo depois as pessoas acharem que você draftará o Owens para o Smackdown e o Owens também é draftado para o Raw! Sendo que essa última luta deles no Battleground estava sendo vendida para parecer que será a última, mas por forças maiores e não porque esse é o desejo deles de pararem e o que acontecerá no dia 25? Sami e Owens continuarão suas vidas normais como se nada tivesse acontecido? Era muito mais fácil ter dividido eles.

Veja também:  Preview Smackdown 23 de Maio de 2017: Punjabi Celebration

Afinal, no segundo round o Smackdown escolhe John Cena e Randy Orton para a sua brand, o Shane que voltou com todo aquele discurso que daria chance a uma nova era e no segundo round ele traz dois veteranos (sem contar no AJ, igualmente veterano) para o seu show, não faz sentido algum! Ainda mais que o Brock está no Raw e tem uma match com o Orton que está no Smackdown. Aliás, outra cagada, qual o sentido de draftarem o Lesnar se ele não aparecerá metade dos shows?

Outra merda, no terceiro round o Smackdown drafta o Bray Wyatt. Beleza, vocês só querem o líder da stable, mas no antepenúltimo round pegam o Erick Rowan. Tudo bem que pode ser aquilo de que sobrou, fazer o que, mas porque não pegar a Wyatt Family toda de uma vez, já que o Strowman ficou sozinho no Raw e o que aquela porta de 2 metros irá fazer sozinha? Tragam o Hornswoogle pra ser o manager dele igual foi com o Khali no fim da carreira. O Strowman não pode ser separado do Bray, nenhum dos membros com exceção do Harper poderia. Porque eles não tem talento o suficiente para sobreviverem sozinhos!

Outro problema foi terem demorado para draftarem o Cesaro, embora eu ache que isso faz parte de uma storyline, pelo menos se vocês verem a entrevista que o Swiss Superman deu, o que dá a entender que ele está muito puto e decepcionado por ter sido chamado nos últimos round e foi uma merda! Chamaram o Baron Corbin no quarto round e deixaram o Cesaro para o sexto! E nisso entra o Upper e Mid-Card do Raw ser infinitamente superior ao do Smackdown, confiram:

O Upper e Mid Card do Raw pode ser: Finn Balor, Sami Zayn, Cesaro, Kevin Owens, Rusev, Sheamus, Neville, Chris Jericho, Darren Young e Titus O’Neil (O meu coração pede pra por Swagger, mas não dá).

Veja também:  Preview Smackdown 23 de Maio de 2017: Punjabi Celebration

Enquanto o Upper e Mid Card do Smackdown deve ser: The Miz, Baron Corbin, Dolph Ziggler, Zack Ryder, Mojo Rawley, Alberto Del Rio, Kalisto, Kane e Apollo Crews, já considerando o Bray Wyatt como Main Eventer.

Falando agora de coisa boa, eu gostei bastante da Women’s Division tanto do Smackdown quanto do Raw, gostei bastante dos picks de Alexa Bliss e Carmella vindo do NXT (assim como Nia Jax, para a brand vermelha) e Becky, Naomi e Natalya são 3 wrestlers talentosíssimas e que devem fazer bons combates no Smackdown. Antes que falem que são muito poucas, a WWE por 5 anos deve ter feito 8 feuds diferentes para o Divas Championship, o que usavam e abusavam de mesmos nomes é um absurdo.

Já no Raw, Charlotte, Sasha Banks, a própria Nia, Paige, Alicia Fox, Summer Rae e a Dana Brooke. Ambas as divisões femininas ao meu ver ficaram equilibradas, o Raw tem mais nome e tem a campeã, mas eu continuo achando equilibradas e seria interessante trazer um segundo cinturão para as mulheres.

A divisão de duplas, no Raw continuamos com os campeões intactos a New Day não foi separada, o que eu acho meio merda. Poderiam ter feito o que fizeram com a Wyatt Family, porque Big E, Kofi e Xavier podem fazer algo sozinhos e poderia muito bem ter sido com o Big E sendo pego sozinho e os outros dois indo para a outra brand, mas não… Enfim, eles continuarão como campeões de duplas e unidos, o que não é ao todo algo ruim, junto deles terão: Club, Enzo & Cass, Golden Truth, Dudleyz e Shining Stars. Tecnicamente, são todos bons nomes até o Shining Stars, tirando a gimmick bosta Primo e Epico são ótimos no ringue.

Já no Smackdown, American Alpha, Vaudevillains, Ascension, Usos, Breezango e Hype Bros (???), sendo bem sincero, eu gostei bastante dessa divisão. Temos 3 ex campeões de duplas do NXT, será uma nova chance para a Ascension mostrar serviço, será uma nova chance para os Usos mostrarem algo novo, os Vaudevillains não caírem no mesmo poço e Breezango, eles são muito bons tecnicamente e meio que se completam, apesar de ser aquele mash-up bem bosta, eles são bons juntos.

Veja também:  Preview Smackdown 23 de Maio de 2017: Punjabi Celebration

Falando num todo, eu  gostei bastante do draft e de como ele ocorreu, teria mudado algumas coisas, mas acredito que os shows estejam bons, não falarei qual time eu sou, porque seria uma péssima decisão julgar os rosters antes deles começarem, pensem que o Smackdown aposta na redenção de certos nomes, Dolph Ziggler, por exemplo. Vamos acreditar no potencial de joias apagadas. Porém, pensando hipoteticamente que cada brand terá um título mundial, um título secundário, um de duplas e outro feminino. O que vocês colocariam?

Os meus campeões seriam:

Raw:

World Heavyweight Champion: Seth Rollins; Contenders: (Owens, Balor, Roman Reigns, Lesnar, Cesaro)

Women’s Champion: Sasha Banks;

Tag Team Champions: The Club (spoiler alert, BALOR CLUB. Vejam só, New Day vence os Wyatts e pensam, beleza, vencemos o grotesco aí o Club entra e logo em seguida o Balor na forma de capeta entra.)

Intercontinental Champion: Darren Young.

No Smackdown:

WWE Championship: Dean Ambrose; Contenders: (AJ Styles, Bray Wyatt, John Cena, Randy Orton, The Miz)

Women’s Championship (Pensem num outro nome): Becky Lynch ou Alexa Bliss;

Tag Team Champions: American Alpha;

US Championship: Zack Ryder.

PS: O melhor momento do Draft foi o Heath esperando ser chamado na sala de espera.

Encerro este Pra Ser Sincero por aqui, espero que tenham gostado, não deixem comentar o que acharam do Draft, o que esperar do Battleground e dos próximos shows divididos, comentem quais seriam os seus campeões ideais levando em conta que cada brand tenha hipoteticamente um cinturão para cada divisão. Um Helluva Kick no coração e até semana que vem!

Escrito por Gabriel Goto

18 anos, estudante de Letras, amante de Pro-Wrestling e outros bons meios de se contar uma história, escrevo o Pra Ser Sincero e o Wrestling Tales.

Deixe um Comentário

comentário(s)