in

Resultados: AEW Dynamite – 27/11/2019

– RBest Friends (Chuck Taylor & Trent Beretta c/ Orange Cassidy) vencem The Lucha Brothers (Pentagón Jr & Rey Fénix) por pinfall após Beretta aplicar um “Sunset Driver” em Fénix.

– Emi Sakura & Bea Priestley vencem Hikaru Shida & Kris Statlander por pinfall após Sakura aplicar um “Crucifix” em Statlander. Ao final do combate, Emi aproveitou um momento em que Priestley distraía o árbitro para acertar Kris nas costas com seu microfone, conseguindo assim a brecha para a vitória de seu time.

– “The American Nightmare” Cody Rhodes vence Matt Knicks por submissão após aplicar um “Figure-4”.

Após o combate, Rhodes chamou MJF ao ringue, dizendo que não havia porque esperar, e que eles deveriam lutar ali mesmo, naquele momento. Em seguida, um homem mascarado sai debaixo do ringue, removendo sua máscara para revelar ser o ex-lutador do Impact Wrestling Pepper “The Blade” Parks, e atacando Cody. Pouco depois, foi a vez de “The Butcher” Andy Williams aparecer, para ambos finalizarem Cody com uma combinação de “Back Suplex” e “Backstabber”. Por fim, “The Bunny” Allie saiu do mesmo buraco no ringue usado pelos outros dois e o trio posou para o público, enquanto Rhodes saía combalido para fora do ringue.

Veja também:  Cobertura: NXT TakeOver - War Games III (2019)

– Kenny Omega vence PAC por pinfall após reverter uma tentativa de pin de PAC com um “Crucifix”.

– Maxwell Jacob Friedman (c/ Michael Wardlow) vence “Hangman” Adam Page por pinfall para obter o Dynamite Diamond Ring após aplicar um “Cross Rhodes”. Ao final do combate, Wardlow colocou o pé de MJF nas cordas durante uma tentativa de pin de Page, e quando este foi tirar satisfações com o enforcer, ele aproveitou a distração do árbitro para lhe aplicar um soco, dando a brecha para a vitória de Friedman.

Após o combate, o Hall of Famer “Diamond” Dallas Page veio ao ringue entregar o prêmio de MJF. Ele anuncia o lutador como vencedor e entrega Diamond Ring para ele, dizendo, entretanto, estar bastante desapontado com suas ações recentes, mas que como ele era “o cara” naquele momento e o próprio Page era alguém respeitoso, ele o iria cumprimentá-lo como um homem. Porém, Maxwell rejeita o aperto de mão colocando o chiclete que mascava na mão de Dallas, que irritado encara ferozmente o jovem. Wardlow toma a frente, mas “DDP” diz que ele deveria sair do caminho, já que ele iria parecer bastante estúpido ao ter a bunda chutada por um homem de 63 anos por todas as ruas de Chicago. Os dois até começam a ter algum contato, mas logo os árbitros e oficiais da AEW aparecem e os separam.

Veja também:  Resultados: Smackdown - 22/11/2019

– Chris Jericho vence AEW World Tag Team Champion Scorpio Sky por submissão para reter o AEW World Championship após aplicar um “Walls of Jericho”. Perto do fim do combate, Jake Hager apareceu e distraiu Sky, permitindo que Chris se livrasse de uma submissão deste, sendo que após isso Frankie Kazarian e Christopher Daniels apareceram para retirá-lo da arena.

Após o combate, Jericho prendeu Sky em um “Liontamer”, mas soltou-o logo que a música de Jon Moxley começou a tocar e o “Death Rider” apareceu no público. Moxley encarou o campeão das escadas, e o programa se encerrou após ele se aproximar um pouco e seguir observando Jericho.

Fonte: Wrestling Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Local e horários do show de estreia da BWF na Band são definidos