in ,

Rusev não vence em PPVs desde dezembro de 2016

Roman Reigns enterrou Rusev?

Miroslav Barnyashev, o búlgaro conhecido como Rusev, tem a maior sequência de derrotas em PPVs da história da WWE. Ele não vence em um pay-per-view desde dezembro de 2016; mas se formos contar apenas vitórias dentro do card principal, sua última vitória foi em julho do mesmo ano.

Foram 22 lutas e 21 derrotas em eventos PPV – 6 em pré-shows – desde o último triunfo num card principal (Battleground 2016), sendo 4 combates pelo US Title, um pelo WWE Title, e 2 pelo SD Tag Title; além de um combate contra The Undertaker. Nesse período, Rusev teve dois parceiros de dupla: Aiden English e Shinsuke Nakamura, uma rivalidade renascida (contra John Cena), duas grandes rivalidades e um reinado como campeão dos Estados Unidos. Outro fato a se destacar, é que nessas 22 lutas, incluem-se 3 Royal Rumble Matches, uma Battle Royal, uma Mixed Tag Team, Hell in a Cell, Flag e Casket Match. Confira a lista:

– Battleground 2016: Rusev vs. Zack Ryder – VITÓRIA
– Clash of Champions 2016: Rusev vs. Roman Reigns
– Hell in a Cell 2016: Roman Reigns vs. Rusev
– Roadblock: End of the Line: Big Cass vs. Rusev (pré-show) – VITÓRIA
– Royal Rumble 2017: Randy Orton venceu o Royal Rumble Match
– Fastlane 2017: Big Show vs. Rusev
– Battleground 2017: John Cena vs. Rusev
– SummerSlam 2017: Randy Orton vs. Rusev
– Hell in a Cell 2017: Randy Orton vs. Rusev
– Clash of Champions 2017: The Usos vs. Rusev Day vs. Gable & Benjamin vs. New Day
– Royal Rumble 2018: Shinsuke Nakamura venceu o Royal Rumble Match masculino
– Fastlane 2018: Shinsuke Nakamura vs. Rusev
– WrestleMania 34: Randy Orton vs. Jinder Mahal vs. Bobby Roode vs. Rusev
– Greatest Royal Rumble: Undertaker vs. Rusev
– Money in the Bank 2018: Braun Strowman venceu a Money in the Bank Ladder Match masculina
– Extreme Rules 2018: AJ Styles vs. Rusev
– SummerSlam 2018: Rusev & Lana vs. Andrade & Zelina Vega (pré-show)
– Hell in a Cell 2018: New Day vs. Rusev Day (pré-show)
– Crown Jewel: Shinsuke Nakamura vs. Rusev (pré-show)
– Royal Rumble 2019: Rusev vs. Shinsuke Nakamura (pré-show)
– Fastlane 2019: Rusev & Shinsuke Nakamura vs. New Day (pré-show)
– WrestleMania 35: The Usos vs. Aleister Black & Ricochet vs. Rusev & Shinsuke Nakamura vs. The Bar
– Super ShowDown: Mansoor venceu a Battle Royal de 51 homens

Veja também:  Maníacos por Apostas - Clash of Champions

As duas grandes rivalidades foram contra já consagrados lutadores, ambos ex-campeões da WWE: Roman Reigns e Randy Orton. A primeira, contra Reigns, representa o começo da streak negativa. A segunda, contra Orton, inclui uma derrota de 10 segundos no 2° maior evento do ano.

Era 1° de agosto de 2016, o dominate Rusev detinha, em seu 2° reinado, o United States Championship, título que conquistara em maio do mesmo ano. O wrestler de 34 anos o defendeu com sucesso, nessa data, em um RAW, contra o ex- World Heavyweight Champion Mark Henry. Após o combate e uma promo do campeão, Roman Reigns apareceu para desafiá-lo.

Ali começava uma rivalidade que durou até 30 de outubro numa Hell in a Cell Match, foi no fim dela que o “Bulgarian Brute” teve seu reinado de 126 dias encerrado, o maior desde o do John Cena em 2015, que tirou o título do próprio Rusev. No RAW seguinte, ele jobbaria para Goldberg:

Finalizando 2016, o último ano em que obteve mais vitórias que derrotas (falando apenas de combates televisionados), sua próxima rivalidade seria aquela que rendeu-lhe sua última vitória em PPVs, contra Big Cass, mas por countout; e na mesma rivalidade, o seguinte segmento ocorreu:

Aí sim tudo viria ladeira a baixo. Foram derrotas no Royal Rumble, Fastlane, Battleground, SummerSlam – em dez segundos para Randy Orton.

O “renascimento” de Rusev

No SmackDown de 26 de setembro de 2017, Aiden English apresentava a cerimômia que declarava aquela data o RUSEV DAY!

Após isso, veio mais uma derrota contra Orton, desta vez no Hell in a Cell, e logo em seguida a formação da dupla com English. “Rusev Day” fez de Rusev o wrestler mais em alta em TODA a WWE, quem mais teve seu nome gritado, quem mais vendeu merchandising, o mais ovacionado. Eu estive em Nova Orleans na WrestleMania 34, e posso dizer, era IMPRESSIONANTE como um lutador que não era vencedor estava tão over. Era “Rusev Day” para todo lado no fim de semana da WrestleMania, desde chants na fila de espera pra entrar na Axxess até desconhecido desejando-me “Happy Rusev Day” no shopping localizado na frente do centro de convenções onde era realizada a fan fest. “Rusev Day”, em grandeza, podia ser comparado apenas ao “YES!”.

O movimento ajudou Rusev a disputar um combate pelo título da WWE, contra o então campeão AJ Styles, no Extreme Rules, mas era sempre derrotas atrás de derrotas quando algo importante está em jogo.

Já sem English como parceiro, Rusev começou 2019 com outro reinado como campeão dos EUA, apenas para devolvê-lo a Shinsuke Nakamura durante o show de abertura do Royal Rumble. A dupla então formou uma aliança improvável como tag team, embora seus esforços para ganhar qualquer ouro no campeonato tenham ficado aquém.

Veja também:  Maníacos por Apostas - Clash of Champions

Com exceção de sua aparição na batalha real de 51 homens no evento Super ShowDown na Arábia Saudita, Rusev está de folga da televisão da WWE desde maio. Ele insinuou em algumas ocasiões que poderia deixar a WWE, mas também abate todos os rumores que afirmavam que ele estava saindo.

Em fevereiro, ele e Lana apareceram no podcast Chasing Glory com Lilian Garcia e ambos expressaram suas frustrações com a forma como a equipe criativa da WWE os usa. A certa altura, Rusev tentou explicar por que seu movimento “Rusev Day” com Aiden English foi descartado sem cerimônia.

“Quem pode dizer? A gerência teve visões diferentes”, disse. “Nós brigamos, brigamos. Se não está quebrado, não há nada para consertar.”

“Acho que no ano passado, na WrestleMania, e antes disso, todo o Rusev Day começou e tudo”, acrescentou. “Eu pensei que era a minha hora. Continuo pressionando e conversando com todo mundo e ninguém quer fazer nada”, disse ele.

Durante a mesma entrevista, ele falou sobre quando mudou seu visual:
“Luto por tudo… quero parecer o meu melhor, quero estar no meu melhor porque quero ser campeão da WWE. Quero estar no topo. Não quero ser esquecido, mas é isso que me irrita, é que faço todas essas coisas, mas nada muda e é aí que a frustração vem. O que devo fazer? Cortei meu cabelo, fiz isso. Não foi uma boa decisão”, disse Rusev, rindo.

Encerro o artigo pedindo a sua participação:
Gostaria de ver Rusev voltando com destaque parecido com sua streak invicta de 2015? Acha provável, que em meio a esse inchaço do elenco da WWE, ele seja valorizado como deveria?

2 Comentários

Deixar uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SmarkDown! – “Welcome to…” – A Importância do nome de um show

Resultados: NJPW Road to Destruction – Blue Justice IX – 08/09/2019