WWE Conclusions #3 – Roman Reigns: O Overrated mais Underrated da História

http://wrestlemaniacos.com.br/wp-content/uploads/2015/09/conclusions1.png

Olá, pessoal! Que saudades de escrever um texto para o WrestleManiacos, este é meu terceiro e já estou há algum tempo sem postar, devido a problemas pessoais, além da faculdade, etc. Mas as coisas melhoraram e agora consigo postar regularmente (ao menos espero).

Ao longo desse tempo, pensei em alguns temas pra debater aqui no WWE, mas nenhum me deu mais animação do que este. O fato de Reigns estar, agora sim, no grande topo da WWE, como rosto principal em cada Raw me animou para escrever e talvez quebrar algumas ideias erradas que vejo por aí (não que eu seja o dono da verdade, é tudo apenas o meu pensamento, minha opinião). Sem mais delongas, cliquem no Leia Mais e vamos em frente!

Como sempre, gosto de começar meus artigos contando um pouco da história, relatando os fatos para que possam ser discutidos, então comecemos em 18 de Novembro de 2012: três jovens do NXT, num trio sob o nome posteriormente anunciado como The Shield, fazem sua primeira aparição no Main Event do Survivor Series, ao atacarem Ryback numa Triple Threat Match que envolvia o WWE Championship de CM Punk, onde John Cena era o terceiro participante. A partir daquele momento, dois dos três jovens já eram conhecidos por fazerem sucesso nas indies e na FCW, eram Jon Moxley (Dean Ambrose) e, principalmente, Tyler Black (Seth Rollins). Mas e o terceiro? Quem era aquele tal de Roman Reigns que o Michael Cole estava falando? De onde ele surgiu?

wmcos

É fato que por Seth e Dean terem um passado em indies e usarem a bastante tempo estas alcunhas na WWE, ambos eram bem mais conhecidos do que Roman, que adotava o nome de Leakee na FCW e pouquíssimo apareceu no NXT, aí sim como Roman Reigns. É fato também que se alguém dissesse aos escritores de blogs que três lutadores do NXT iriam subir ao roster principal de forma surpreendente, tanto Dean quanto Seth estariam, mas nunca se passaria na cabeça que o terceiro fosse Roman Reigns, chutariam Leo Kruger, Bo Dallas ou até mesmo Richie Steamboat, mas Roman talvez nunca passaria pela cabeça de ninguém.

Veja também:  WWE No Mercy 2017: Card Atual

O tempo foi passando e cada vez mais as pessoas reconheciam o talento de Roman Reigns, luta após luta, aquele jeito explosivo que ele aplica ao combate, do começo ao fim, o seu jeito Brawler, com alguns poucos elementos da luta samoana, sempre causando um belo impacto visual, os câmeras adoram. Era também o personagem mais dominante do trio, aquele que sempre estava à frente quando as coisas esquentassem.

Essa grande dominância de Roman na Shield talvez não passasse de apenas booking, visto que hoje sabemos que ele é o menos talentoso entre os três (pelo menos, acredito, na opinião da maioria). A intensidade e explosão eram tão altas que acabávamos não vendo o selling incrível e a constante melhora no carisma do Rollins, e não parávamos pra olhar a atuação do Dean, sempre impecável, no ringue ou em qualquer outro segmento.

wmcos

A partir disto, a Shield foi separada na histórica traição de Seth Rollins e a formação da Authority. Cada wrestler tomou rumos diferentes, Dean e Rollins continuaram a feud até o Money in the Bank que deu a maleta para o heel. Neste momento, Dean saiu de qualquer cenário ao título principal, onde permanece até hoje, Rollins continuou sua trilha ao topo, enquanto Reigns já combatia pelo WWE World Heavyweight Championship no Main Event do Money in the Bank, numa ladder match que envolviam 8 combatentes ao título que Daniel Bryan deixara vago.

O que vemos neste momento é o quanto Roman já estava a um patamar acima de Dean e Seth, não em relação à talento, mas quanto ao booking. Enquanto os outros dois precisavam lutar nas mesmas condições para ter uma chance para conquistar o título, Reigns já estava lutando pelo título, e esta rápida ascensão foi o que mais atrapalhou sua carreira. Roman não estava preparado para ser um Main Eventer, pois não recebeu este preparo, tal como Seth recebeu no NXT e Dean no FCW, era notável que os outros dois eram superiores no geral, agora sim, em questão de talento, o que só foi se confirmando enquanto o tempo passava e resultou nas enormes vaias que recebeu ao vencer o Royal Rumble de 2015 (ok, todos queriam o Daniel Bryan, mas as vaias não foram só por isso, eram para Roman também. Se Dean ganhasse, estariam todos conformados).

Veja também:  WWE No Mercy 2017: Card Atual

Apesar disto, não acredito que Roman seja fraco, nem mesmo mediano, ele é realmente bom, muito bom, só não o suficiente para ser o novo John Cena, todos sabem que ele não é, mas parece que as vezes a WWE quer nos fazer engolir essa ideia. Talvez não exista um novo Cena, talvez ainda não o conhecemos, talvez seja Finn Bálor, Sami Zayn, Jay Lethal, Adam Cole, sei lá, mas não é o Roman Reigns, e nunca será. Pelo menos não com uma mic skill onde só sabe falar “So why don’t you come out here and I’ll beat your a**, believe that”, ainda assim de uma forma robotizada, quase como o Ryback e sempre com expressões faciais que mostram um acting extremamente falho.

wmcos

Não quero ser hater, até porque admiro bastante sua qualidade, ele tem um certo carisma, look é importante, e ele também tem um físico perfeito pra um wrestler, uma gimmick que combina com sua persona, consegue manter a intensidade de suas lutas alta o tempo todo, resistência física é algo muito importante para um wrestler, uma vez que a qualidade da luta não cai mesmo que ela seja duradoura, mas não consigo ver a maior estrela de uma companhia de entretenimento não saber como falar com o público, vir sempre com frases prontas (diferencie de catchphrases), como se isso fosse a Golden Era (e naquela época já existiam Ric Flair, Ted DiBiase e Roddy Piper).

Reigns é bom, tem todos os atributos físicos que citei no parágrafo anterior, aplica o Superman Punch e Spear com perfeição, mas não está perto da técnica do Rollins e não consegue ter o acting e a inteligência que fazem do Dean Ambrose um exímio entertainer (sem contar nas qualidades como wrestler).

Veja também:  WWE No Mercy 2017: Card Atual

Embora criticando, também discordo em dizer que Reigns não merece um World Title, acredito que ele possa ser um bom campeão, embora os aspectos negativos, principalmente de mic skill, para o produto é bom, porque ele tem hype e os spotlights estão voltados para ele agora, não seria certo colocar o Dean ou o Ziggler como champ só para agradar os Smarks que tanto pedem, fizeram isso quando o Dolph tirou o World Heavyweight Championship do Del Rio e seu reinado foi bem mediano.

wmcos

A conclusão que tiro disto tudo é que Roman Reigns foi levado ao topo muito rápido, não houve nenhum preparo prévio para que ele pudesse suportar ser o grande nome na empresa, mas com o tempo ele provou que pode ser um grande nome, mas ainda assim não consegue ser o grande nome, coisa que talvez nem o Seth Rollins consiga, com toda a qualidade em todos os aspectos que ele possa ter. Muitos podem reclamar, mas ainda é vital para a WWE manter o Cena por pelo menos uns 3 ou 4 anos entre os lutadores de topo (nem precisa ser o que ele sempre foi, mas estar neste patamar que ele está agora não está mau) para conseguir se manter firme, principalmente em merchandising, e ocupar uma vaga que poucos vão poder preencher no futuro.

É isso, pessoal. Espero que tenham gostado do texto, faz um tempo que não posto, não sei como este pode estar na opinião de vocês, pois não passei tempo demais pesquisando como fiz com os outros, mas espero que tenha conseguido deixar claro todas as minhas opiniões, e como sempre, peço pra que vocês sempre comentem, de forma construtiva, debatam sobre o assunto, deem sugestões, discutam, critiquem, elogiem, sempre de forma respeitosa para que haja sempre a melhor interação possível. Vou ficando por aqui, até a próxima!

Deixe um Comentário

comentário(s)